Como uma Igreja Pode Erguer Famílias Fortes?

|

Aqui está o ponto de partida: Você não consegue ministrar a famílias fracas a menos que tenha famílias fortes. Famílias fortes dependem de homens obedientes e de mulheres santas. Se nunca tivermos famílias saudáveis, nunca teremos igrejas saudáveis.

As seis coisas seguintes são elementos bíblicos e obrigatórios da igreja e da vida familiar. Cada uma pode ajudar a promover uma vida familiar saudável e, finalmente, igrejas fortes.

1. Estabeleça presbíteros biblicamente qualificados

Quando uma igreja estabelece presbíteros biblicamente qualificados que governam bem os seus lares (1 Timóteo 3), está provendo mudanças sociais a longo prazo. Como esses homens lideram pelo exemplo, toda a igreja começa a entender como funciona uma família ordenada de modo bíblico.

2. Incentive a liderança bíblica no lar

Como você define uma família enfraquecida? Começa com o papel do líder da casa. Famílias são enfraquecidas por homens e mulheres que não cumprem os seus papéis ordenados por Deus. Se a igreja espera mesmo ministrar a famílias enfraquecidas, deve começar voltando às Escrituras para descobrir como os homens devem ser líderes espirituais em seus lares. Nós precisamos tratar de capacitar os homens para a masculinidade bíblica.

Quem ministrará aos jovens perdidos desta geração? Famílias e igrejas devem buscar pregar o Evangelho e ensinar tudo o que Cristo mandou.

3. Pare de criar famílias fracas por meio de suas programações

Nós acreditamos que a igreja moderna errou o alvo fazendo aquilo que mantêm as famílias fracas. A igreja não manteve as prioridades bíblicas para a vida familiar. Quando fazemos isso, acabamos omitindo modelos adequados ou, pior, não temos bons modelos para nossas famílias fracas. Se você deseja erguer famílias fortes, tem que parar de criar famílias fracas mantendo práticas antibíblicas de enfraquecimento familiar. Até que isso mude em uma igreja, as famílias permanecerão fracas e arruinadas.

4. Faça com que a igreja seja uma verdadeira família

Você deve dar às famílias enfraquecidas uma igreja que seja uma família bíblica que exemplifique o amor de Cristo pela igreja. É em uma igreja que é uma família saudável que as pessoas com famílias enfraquecidas aprendem algo que não sabiam antes: como ser uma família (Marcos 10:30).

5. Proporcione o estilo de vida de mulheres Tito 2 na igreja

Tito 2 oferece um retrato de mulheres em famílias fortes que ministram a famílias jovens. Quando você estimula as mulheres Tito 2 que instruirão as mulheres mais jovens, oferece um componente-chave para a vida da igreja e da família, que gera mulheres fortes e famílias fortes. Se você não encorajar mulheres a serem donas de casa santas, nunca poderá ter famílias fortes. Esse é um ato desafiador da cultura, mas deve ser feito porque é um componente essencial para o cristianismo bíblico.

6. Proporcione cultos e educação intergeracional

As famílias são fortalecidas pela participação na metodologia do discipulado bíblico, o qual é intergeracional. Esse é o único padrão que encontramos nas Escrituras. Não existe um ministério específico para cada idade na Bíblia. É preciso admitir que colocar crianças de treze anos com outras da mesma idade é uma prática muito tola e antibíblica. Até que as igrejas mudem essa e outras práticas semelhantes, o ciclo vicioso de declínio continuará.

Duas questões críticas precisam ser tratadas. Primeiro, recusar-se a dar prioridade a famílias fortes em nossas igrejas assegura que sempre estaremos chamando as pessoas à fraqueza.

Em segundo lugar, negligenciar as diretrizes bíblicas para a vida familiar rejeita os principais métodos bíblicos para ministrar aos mais jovens.

Nosso fracasso em obedecer a Palavra de Deus ao ministrar aos jovens possui um enorme importância no que se refere ao bem da igreja. Nesse momento, enquanto continuamos com muitas práticas antibíblicas, estamos sistematicamente enviando nossos jovens para o caminho da destruição. Isso está arruinando as nossas famílias, está corrompendo as nossas igrejas e está destruindo a próxima geração.

Se esperamos ver uma mudança, é importante deixar de fazer o que enfraquece as famílias e começar a praticar as coisas que as fortalecem.