Meditações Diárias | 26 de Maio | J.C. Philpot

|

❝Ao revés, ao revés, ao revés porei aquela coroa, e ela não mais será, até que venha aquele a quem pertence de direito; a ele a darei.❞ (Ezequiel 21:27)

 

Não há fases em nossa experiência quando conseguimos prostrar a alma diante de Deus, e dizer: “Seja Cristo precioso à minha alma, que venha com poder ao meu coração; que Ele estabeleça o Seu trono como Senhor e Rei, e faça com que o eu seja nada diante dEle”? Nós proferimos essas orações com sinceridade e simplicidade, desejamos a sua realização; porém, há luta e conflito quando Deus responde essas petições.

Quando os nossos planos são frustrados, que rebelião se desenvolve na mente carnal! Quando o eu é abatido, que ressentimento e impaciência irritada e carrancuda surge na criatura! Quando o Senhor responde as nossas orações e tira toda confiança falsa; quando Ele remove nossos pobres auxílios e despedaça as nossas cisternas rotas, que tempestades e conflito ocorrem na alma!

Ficamos irritados diante do Senhor por fazer exatamente o que solicitamos a Ele, nos rebelamos contra Ele por ter sido tão bom a ponto de responder as petições que fizemos, e ficamos prontos para nos enfurecer e contrariar o próprio ensino pelo qual suplicamos.

Mas Deus não é afetado. Ele seguirá o Seu próprio caminho: “Ao revés, deixe a criatura dizer e pensar sobre o que acontecerá. Isso ruirá, se tornará em nada, será esmiuçado. É o meu propósito que será cumprido e realizarei todo o Meu prazer; mas vou derrubar, não destruir, não lançar na perdição eterna, mas derrubarei todo o edifício para erigir um muito mais belo. O eu é um rebelde que erigiu um templo idolatra, logo, Eu arrasarei e arruinarei esse templo com a finalidade de manifestar a Minha glória e a Minha salvação, para que Eu seja o seu Senhor e o seu Deus”.

 

 

Título original: Daily Portions — Via: GraceGems.org: • Traduzido e publicado com permissão. Tradução por Juliana e Ana Beatriz Oliveira Meninel • Revisão por Camila Rebeca Teixeira