Meditações Diárias | 27 de Maio | J.C. Philpot

|

Se alguém vier a mim, e não aborrecer a seu pai, e mãe, e mulher, e filhos, e irmãos, e irmãs, e ainda também a sua própria vida, não pode ser meu discípulo. E qualquer que não levar a sua cruz, e não vier após mim, não pode ser meu discípulo.❞ (Lucas 14:26-27)

Não há caminho do meio para o céu. Não há estado intermediário entre o inferno e o céu. Não há purgatório para aquela numerosa classe de pessoas que se julgam não tão boas para o céu, porém não más o suficiente para o inferno. Não, não há um caminho ou situação intermediária. Ou nós temos a Cristo como nosso bem-aventurado Jesus, e com Ele desfrutaremos da felicidade e da glória do céu, ou afundaremos no inferno com todos os nossos pecados sobre a nossa cabeça sob a Sua mais terrível ira.

A alma que já foi conquistada pela beleza e bem-aventurança de Jesus anseia por estar com Ele, e não por um dia, mês ou ano, mas por toda a eternidade; pois ter a Cristo é ter tudo o que Deus pode dar para a alma do homem desfrutar, enquanto criado como ser imortal e para a imortalidade.

Sob a influência da graça de Deus, às vezes, parece que mesmo aqui embaixo todas as capacidades imortais fluem de uma vida ativa e celestial que espera em fé e esperança por uma eternidade gloriosa, onde se apossará do mais elevado gozo que Deus pode dar ao homem, mesmo a união conSigo em virtude da união com Seu querido Filho, como afirmam aquelas palavras maravilhosas do próprio Redentor: “Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste” (João 17:21).

 

Título original: Daily Portions — Via: GraceGems.org: • Traduzido e publicado com permissão. Tradução por Juliana e Ana Beatriz Oliveira Meninel • Revisão por Camila Rebeca Teixeira