Meditações Diárias | 09 de Junho | J.C. Philpot

|

❝ Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.❞  (1 João 1:9)

O Senhor fez do pecado o seu fardo? O Senhor já fez você se sentir culpado diante dEle? Ele já sensibilizou a sua consciência com uma visão e uma percepção de suas iniquidades, seus pecados, seus retrocessos? E o Senhor por vezes extrai de seus lábios uma confissão honesta, sincera e sem reservas desses pecados? O que o Espírito Santo diz para você? O que o bendito Espírito registrou para a sua instrução e para o seu consolo? “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça”.

Não é somente uma misericórdia confessá-los. Mas confessá-los é um sinal da luz divina. Confessá-los brota de uma obra da graça em seu coração. Se, então, você possui a vida divina, se você tem graça em sua alma, você é um filho de Deus, Jesus obedeceu por você, Jesus sofreu por você, Jesus morreu por você, Jesus removeu o seu pecado.

E, portanto, sendo você um filho de Deus, e tendo Jesus feito todas essas coisas por você, Deus agora é “fiel” à sua promessa de que Ele receberá um pecador arrependido; e Ele é “justo” ao Seu próprio caráter imutável e verdadeiro. E assim, a partir da justiça e da misericórdia, da fidelidade e da compaixão, Deus pode, Ele quer e de fato perdoa, purifica e suavemente apaga todas as iniquidades e todas as transgressões de um penitente confesso.

 

Título original: Daily Portions — Via: GraceGems.org: • Traduzido e publicado com permissão. Tradução por Juliana e Ana Beatriz Oliveira Meninel • Revisão por Camila Teixeira