E-books

10 Coisas Para Fazer Com Seus Filhos Pequenos, por Jared Longshore

10 Coisas Para Fazer Com Seus Filhos Pequenos, por Jared Longshore








Paternidade é algo fácil... ninguém nunca disse isso. Paternidade é um trabalho árduo, mas é o tipo do trabalho que é bom, recompensador e alegre. Salomão, o Sábio, mostrou sua sabedoria quando disse dos filhos: “Bem-aventurado o homem que enche deles a sua aljava” (Salmo 127:5). Com a recente adição, minha esposa e eu agora temos 5 crianças de 7 anos e menos. Não é necessário dizer que gastamos muito tempo pensando em como aplicar o que Deus diz sobre paternidade aos nossos pequeninos. Aqui estão 10 coisas para fazer com seus filhos pequenos em um esforço para educa-los “na doutrina e admoestação do Senhor” (Efésios 6:4):

1. Conte-lhes sobre a glória de Deus

Diga-lhes quem é Deus. Diga-lhes o que Ele fez. Aponte para o peixe nadando, para a estrela cadente, para a árvore balançando, para o pássaro voando, para o morango amadurecendo, e mostre-lhes o agir da mão de Deus. Recentemente, ao saímos de um culto pelas portas dianteiras do edifício de nossa igreja com nossas crianças, nos deparamos com um pôr-do-sol que deixou o céu com brilho rosa e laranja. Uma das doces e piedosas damas de nossa congregação se inclinou e perguntou aos nossos filhos: “Vocês ouvem o que o sol está dizendo?”. Calvino estava certo: “O mundo inteiro é um teatro para a exibição da divina bondade, sabedoria, justiça e poder”.

2. Leia a Bíblia com eles

Não retenha o livro que é mais doce do que o mel e o licor dos favos (Salmo 19:10). Dê às crianças o doce. Leia para elas as palavras vivificantes da Escritura. Ore para que Deus lhes dê fé e então fale da Bíblia para eles, pois “a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus” (Romanos 10:17).

3. Catequize-os

Encontre um catecismo biblicamente fiel e use-o com seus filhos. Um bom catecismo ajudará seus filhos a pensarem teologicamente. Ele irá ajudá-los a construir uma cosmovisão que os ajudará a interpretar as coisas que estão acontecendo em torno deles e dentro deles. Nós perguntamos a nossa filha de 4 anos: “O que Deus deu a Adão e Eva além dos corpos?”: Ela responde: “Ele lhes deu almas que nunca morrerão”. Nós perguntamos: “Você tem uma alma e um corpo?”, “Sim, tenho uma alma que nunca morrerá”. Ela está melhor preparada para enfrentar o próximo funeral por causa do catecismo e das conversas que dele brotam. (Recomendações para um bom catecismo aqui, aqui e aqui.)

4. Cante com eles

Cante canções que exaltam a Cristo. Cante hinos. Cante canções inventadas e ore para que você tenha o privilégio de ouvi-las cantar as suas próprias. O canto alegra a alma e instrui a mente.

5. Ouça-os

Ouça suas longas e confusas histórias. Não fique muito ocupado para ouvir sobre o seu dia, desagrados e desejos. Deixe-os exalar seu coração pequeno a você de modo que quando cresçam e se tornem adolescentes não deixem de compartilhar as suas coisas com você porque recordam que você não teve tempo para ouvi-los sobre seus sonhos e desapontamentos.

6. Confesse seu pecado a eles

Viva uma vida de arrependimento diante de seus filhos. Mostre-lhes que papai e mamãe precisam do sangue de Jesus. Demonstre como é uma verdadeira e humilde confissão. Eu me lembro de ir aos joelhos para olhar meu filho de 5 anos de idade no olho depois de tratá-lo duramente. Eu pedi seu perdão e ele concedeu imediatamente. Eu me levantei andando de mãos dadas com ele, pregando isto para mim mesmo: Cobrir suas próprias falhas não o ensinará a confiar no Senhor.

7. Abrace, beije, lute e dance com eles

Compartilhe não somente o Evangelho com seus filhos, mas também suas vidas (1 Tessalonicenses 2:8). Com os pequeninos, isso significa tempo de inatividade intencional. Nós apreciamos lutar em torno do assoalho de sala da família ou dançar no quarto antes de ir dormir. Andar de bicicleta, jogar uma bola, ir a um parque. E esteja ciente de que os pequenos olhos estão observando cada movimento seu. Goste ou não, “faça o que eu digo, não faça o que eu faço”, está fora de questão.

8. Discipline-os

A Bíblia considera a disciplina uma questão de amor. Provérbios 13:24 diz: “O que não faz uso da vara odeia seu filho, mas o que o ama, desde cedo o castiga”. Você ama seus filhos? Se assim for, a Bíblia diz que você dará atenção à sua correção e treinamento. Recomendo o livro de Tedd Tripp, Pastoreando o Coração da Criança, para considerar este tópico em mais detalhes.

9. Ensine-os a amar a igreja

Mostre os muitos e maravilhosos exemplos de amor sacrificial em sua igreja. Recentemente a igreja nos forneceu muitas refeições depois que tivemos um bebê. Enquanto cada membro trazia alimento, nós perguntávamos aos nossos pequeninos: “Vocês criam que a igreja seria tão amável conosco?”. Nós meditamos com eles sobre o que fez a nossa igreja nos amar assim. Medite, também, em como incentivar seus filhos a amarem o Dia do Senhor. Deseje com eles o primeiro dia da semana. Memorizem juntos o Salmo 122:1 e celebrem com Davi: “Alegrei-me quando me disseram: Vamos á casa do SENHOR”.

10. Ore com eles

A oração é aprendida. É por isso que Jesus respondeu quando os discípulos pediram-lhe para ensiná-los a orar. Permita que as crianças o ouçam desvelar o seu coração diante do trono de Deus. Deixe-os ouvir as suas petições cheias de fé por eles, por sua igreja e pelo mundo. Deixe-os ouvir um fluxo constante de ações de graças suas ao Pai por Sua provisão contínua na vida de sua família.

Prossigam no trabalho cansativo e precioso de cuidarem de seus filhinhos, lembrando que “os filhos são herança do Senhor” (Salmo 127:3).