Textos

Louvem ao Senhor Pela Sua Bondade, por Charles Haddon Spurgeon

[Manhã e Noite, Devocional da Noite de 01 de Dezembro]

 

“Louvem ao Senhor pela sua bondade, e pelas suas maravilhas para com os filhos dos homens”. (Salmos 107:8)

 

Se nós murmurássemos menos, e louvássemos mais, nós seríamos mais felizes, e Deus seria mais glorificado.

 

Louvemos a Deus pelas misericórdias comuns — comuns como nós frequentemente as chamamos, e ainda assim tão inestimáveis, que quando privados delas ficamos quase a perecer! Bendigamos a Deus pelos olhos, com os quais contemplamos o sol; pela saúde e força para caminhar; pelo pão que comemos; pela roupa que vestimos. Louvemos a Ele porque nós não somos contados entre os que não têm esperança, ou confinados na prisão entre os culpados. Agradeçamos a Deus pela liberdade, pelos amigos, pelos vínculos familiares e consolos. Louvemos a Ele, em verdade, por tudo o que recebemos de Sua bondosa Mão, pois nós merecemos pouco, e ainda assim, somos mui abundantemente favorecidos.

 

Mas, amados, a mais doce e alta nota em nosso cântico de louvor deveria ser sobre o amor redentor. Os atos de redenção de Deus em direção ao Seu povo eleito são para sempre, os temas favoritos de seus louvores. Se nós sabemos o que a redenção significa, não deixemos retidos os nossos sonetos de ações de graças. Nós fomos redimidos do poder de nossa corrupção, levantados das profundezas do pecado na qual estamos naturalmente mergulhados. Nós fomos conduzidos à cruz de Cristo, nosso escrito de dívida foi rasgado; nós não somos mais escravos, mas filhos do Deus vivo, e podemos seguramente esperar o momento em que seremos apresentados diante do trono sem mácula ou ruga ou algo semelhante. Mesmo agora, pela fé, nós balançamos os ramos de palmeiras e revestimo-nos com o linho fino que deve ser nossa vestimenta eterna, e não deveríamos, incessantemente, dar graças ao Senhor nosso Redentor? Filho de Deus, você pode ficar em silêncio? Desperte, desperte, você, herdeiro da glória, e leve o cativo o seu cativeiro, enquanto você clama com Davi: “Bendize, ó minha alma, ao SENHOR, e tudo o que há em mim bendiga o seu santo nome”. Faça o novo mês começar com novos cânticos!

TEMAS

AUTORES

ARQUIVOS

INSCREVA PARA RECEBER
NOSSAS ATUALIZAÇÕES: