Textos

Diretrizes Para A Leitura De Livros Cristãos, por Richard Baxter

[A presente tradução consiste somente no Capítulo Directions for Reading Christian Books da obra Christian Directory (1673)]

 

Porque Deus fez dos excelentes santos escritos de Seus servos, a benção singular desta terra e época; e muitos podem ter um bom livro, mesmo a qualquer dia ou hora da semana, que não tenham, em absoluto, um bom pregador; eu aconselho os servos de Deus a serem gratos por tão grande misericórdia; e que façam uso disso, e leiam muito. A leitura, para a maioria, conduz mais ao conhecimento do que o ouvir, porque vocês podem escolher que assuntos e mais excelentes tratados lhe agradarem; e podem estar frequentemente nisso, e podem ler uma e outra vez o que esquecerem, e podem utilizar o tempo, enquanto prosseguem, para fixa-las em sua mente. E com muitos, a leitura faz mais do que com o ouvir também quanto a mobilizar o coração, pois, livros vivificados podem ser mais facilmente acessados do que pregadores vivificados.

 

Especialmente esses tipos de homens devem ler muito:

 

1. Chefes de famílias, que têm mais almas para cuidar, além de sua própria.

 

2. Pessoas que vivem onde não há pregação; ou má pregação, o que é pior do que nenhuma!

 

3. Pessoas pobres, e servos, e crianças, que são forçados em muitos dias do Senhor a permanecerem em casa, enquanto outros têm a oportunidade de ouvir a Palavra pregada.

 

4. Pessoas que não trabalham, que têm mais tempo livre do que outros.

 

Para todos estes, mas especialmente para os chefes de família, oferecerei aqui algumas diretrizes:

 

Diretriz 1. Eu pressuponho que vocês mantenham livros do Diabo fora de suas mãos e casa. Quero dizer cartões, e contos ociosos, e livros de jogos e romances ou livros de amor, e falsas histórias fascinantes, e os livros enganadores de todos os falsos mestres, e os livros de injúrias ou de zombaria, os quais os homens de diversos partidos e facções escrevem um contra o outro, com o propósito de ensinar aos homens a se odiarem, e excluem o amor. Pois, onde esses são autorizados a corromper a mente, todos os escritos solenes e úteis são impedidos; e é impressionante ver quão poderosamente estes envenenam as mentes das crianças, e muitas outras cabeças vazias.

 

Também se abstenham dos livros que são escritos pelos filhos de Coré, que geram aborrecimentos e descontentamentos no povo contra os seus governantes, tanto magistrados e ministros. Pois, há algo nos melhores governantes, para as línguas dos homens sediciosos admitirem, e para provocar os ouvidos do povo; e há algo, mesmo no povo piedoso, que os instiga mui facilmente a inflamarem-se e ficarem perturbados antes que eles estejam cientes; e eles não preveem o mal a que isso tende.

 

Diretriz 2. Quando vocês lerem para a vossa família, ou para outros, façam com que isso seja sazonalmente e solenemente, quando o silêncio e atenção vos encorajem a esperar o sucesso; e não quando as crianças estiverem chorando ou conversando, ou os servos se movimentando, de forma a vos atrapalhar. A distração é pior, nos maiores empreendimentos.

 

Diretriz 3. Escolham livros que sejam mais adequados ao vosso estado, e ao daqueles para quem vocês leem. É pior do que inútil, ler livros de consolo para espíritos atribulados, àqueles que estão tolamente seguros, e têm corações endurecidos, obstinados, soberbos. Isto é tão ruim quanto dar medicamentos ou remédios contrários à necessidade do paciente, e tanto como alimentar uma enfermidade. Assim, é ler livros de mui elevado estilo ou tema, para ouvintes tolos e ignorantes. Costumamos dizer: O que para um homem é alimento, para outro homem é veneno. Não é o suficiente que o assunto seja bom, mas ele deve ser adequado para o caso em que é utilizado.

 

Diretriz 4. Para uma família comum, comecem com aqueles livros que informarão imediatamente o discernimento sobre os fundamentos, e despertarão as afeições para entretê-los e melhorá-los. Tais como estes, são os tratados sobre regeneração, conversão ou arrependimento.

 

Lembrem-se que não são os mais sábios aqueles que leem mais, porém aqueles que leem o que é mais necessário e proveitoso.

 

Diretriz 5. Depois destes, leiam aqueles livros que são mais adequados para o estado de novos Cristãos, para o seu crescimento na graça, e para o seu exercício de fé e amor, e obediência, e para a mortificação do egoísmo, orgulho, sensualidade, mundanismo e outros dos mais perigosos pecados.

 

Diretriz 6. Ao mesmo tempo, esforcem-se para sistematizar o vosso conhecimento; e para esta finalidade, primeiramente leiam e aprendam algum catecismo breve, e depois, algum catecismo maior. E façam com que o catecismo seja guardado na memória, enquanto vocês vivem, e o restante seja minuciosamente compreendido.

 

Diretriz 7. Em seguida, leiam (para si mesmos ou para as famílias) as exposições maiores sobre o Credo, a Oração do Senhor, e os Dez Mandamentos; tais como a de Thomas Watson sobre os Mandamentos; de forma que vossa compreensão possa ser mais plena, minuciosa e distinta, e que suas famílias não possam parar em generalidades, que não são compreendidas.

 

Diretriz 8. Leiam bastante aqueles livros que vos direcionem a um curso de comunhão diária com Deus, e santa ordenação de vossa vida diária.
 

TEMAS

AUTORES

ARQUIVOS

INSCREVA PARA RECEBER
NOSSAS ATUALIZAÇÕES: