Textos

Devocional Banco da Fé • 30 de Janeiro

Uma Segurança Celestial

 

“E eis que estou contigo, e te guardarei por onde quer que fores.” (Gênesis 28:15)

 

Será que precisamos de misericórdias durante peregrinações? Aqui estão algumas preciosas: a presença e preservação de Deus. Em todos os lugares nós precisam de ambas, e em todos os lugares nós devemos tê-las se formos ao chamado do dever, e não apenas de acordo com a nossa própria imaginação. Por que devemos considerar mudar para outro país como uma necessidade dolorosa quando tal mudança é colocada para nós como a vontade divina? Em todas as terras o crente é igualmente um peregrino e um estrangeiro; e ainda assim, em todas as regiões o Senhor é a sua morada, assim como Ele tem sido a dos Seus santos em todas as gerações. Podemos perder a proteção de um rei terreno, mas quando Deus diz: “te guardarei”, não estamos em perigo real. Esse é um passaporte abençoado para um viajante e uma segurança celestial para um emigrante.

 

Jacó nunca tinha saído do lugar do seu pai antes; ele era um filhinho de sua mãe e não um aventureiro como seu irmão. No entanto, ele se mudou-se para longe, e Deus foi com ele. Ele tinha pouca bagagem e nenhum auxiliar; ainda assim, nenhum príncipe jamais viajou com um guarda-costas mais nobre. Mesmo enquanto ele dormia no campo aberto, os anjos cuidavam dele, e o Senhor Deus falou com ele. Se o Senhor nos ordena ir, digamos com nosso Senhor Jesus: “Levantai-vos, partamos”.

TEMAS

AUTORES

ARQUIVOS

INSCREVA PARA RECEBER
NOSSAS ATUALIZAÇÕES: