Textos

Devocional Banco da Fé • 14 de Março

Conforto Afetuoso

 

“Como alguém a quem consola sua mãe, assim eu vos consolarei.” (Isaías 66:13)

 

Ah, o conforto de uma mãe! Isso é em si a ternura. Como ela se compadece do sofrimento do seu filho! Como ela o aperta contra o peito e tenta colocar toda a tristeza dele sobre o seu próprio coração! Ele pode dizer-lhe tudo, e ela vai simpatizar como ninguém mais. De todos os confortos, a criança ama mais o de sua mãe, e até mesmo homens crescidos têm se sentido assim.

 

Yahwéh condescende em agir como uma mãe? Isso é bondade de fato. Nós prontamente percebemos como Ele é um pai; mas Ele também será como uma mãe? Isso não nos convida a uma santa familiaridade, confiança sem reservas e bendito descanso? Quando o próprio Deus se torna “o Consolador”, nenhuma angústia pode permanecer. Contemos a nossa dificuldade, e nos expressemos prontamente apesar dos soluços e suspiros. Ele não nos desprezará pelas nossas lágrimas; nossa mãe não faz assim. Ele considerará a nossa fraqueza como a mãe faz, e Ele passará por nossos defeitos, de forma mais certa e segura do que nossa mãe poderia fazia. Não suportemos a dor sozinhos, isso seria indelicado com alguém tão gentil e amável. Vamos começar o dia com o nosso amável Deus, e assim terminaremos o dia na mesma companhia; já que as mães jamais se cansam de seus filhos.

TEMAS

AUTORES

ARQUIVOS

INSCREVA PARA RECEBER
NOSSAS ATUALIZAÇÕES: