Textos

Como Ajudar os Seus Filhos na Adoração Congregacional | Por Jared e Heather Longshore

Treinar os seus filhos a permanecerem em um culto de adoração pode se assemelhar um pouco a domesticar filhotes de tigres selvagens. Se você assumir essa tarefa, experimentará muito suor, lágrimas e biscoitos esmagados no chão da igreja. Manter os seus filhos no culto pode ser um trabalho árduo, mas vale a pena. Existem alguns artigos excelentes sobre a bênção de ter os seus filhos junto a você durante a adoração congregacional. Nesse artigo, nos aventuramos a compartilhar alguns pontos práticos que têm nos ajudado ao longo do caminho. Não os considere como “10 mandamentos”. Trata-se simplesmente de algumas coisas que têm nos ajudado com nossos 5 filhinhos:

 

1. Fale com seus filhos sobre as suas expectativas no caminho para a igreja. Esperamos nos alegrar em Jesus Cristo. O domingo é um dia glorioso. Cristo ressuscitou! Os nossos filhos memorizaram o Salmo 122:1: “Alegrei-me quando me disseram: Vamos à casa do SENHOR”. Nós os encorajamos a prestar atenção às aulas e ao culto. Nós os lembramos que eles devem ficar quietos. Nós os ensinamos a apertar a mão das pessoas, olhá-las nos olhos e dizer: “Olá”.

 

2. Pratique em casa. Ajudar nossos filhos na adoração congregacional começa em casa. Muito de nossa prática doméstica ocorre nas refeições. Nós apreciamos a companhia uns dos outros como uma família ao redor da mesa e as crianças permanecem sentadas até que sejam liberadas para sair. Este é um treinamento diário que ajuda quando estamos em outros contextos onde elas precisam ficar sentadas por longos períodos de tempo. O tempo regular de culto familiar proporciona aos nossos filhos uma ótima oportunidade para ouvir, cantar e orar.

 

3. Opte por brinquedos e lanches silenciosos. Nossa casa pode atingir níveis de volume que rivalizarão com a final do campeonato de futebol americano. E nossos filhos podem acabar um saco de batatas fritas com mais rapidez do que você consegue dizer “Ruflles”. Mas, na adoração congregacional, buscamos um brinquedo ou lanche silencioso se isso puder ajudar as crianças mais novas. Costumamos não oferecer nada a eles no começo, e depois vamos para o lanche antes de introduzirmos algum brinquedo.

 

4. Pergunte aos seus filhos o que eles ouviram no sermão. Nosso objetivo final não é fazer com que eles fiquem quietos e se comportem, mas que ouçam e creiam na Palavra de Deus. No caminho de casa ou no almoço, muitas vezes perguntamos às crianças o que ouviram no sermão e no culto. Esta pergunta nos dá a oportunidade de falar sobre verdades espirituais importantes; e, ocasionalmente, rimos um pouco, como quando uma das nossas filhinhas falou sobre a história de João Batista saltando no útero de Isabel quando Maria a visitou enquanto ambas estavam grávidas. Ela disse: “Aprendemos que um bebê saltou na barriga da outra mãe!”.

 

5. Ensine as crianças a não fazerem perguntas ou pedirem para levantarem, a menos que haja uma emergência. Emergências acontecerão. Queremos que as crianças saibam que estamos disponíveis quando tais situações ocorrerem. Mas, também queremos que elas aprendam que há algo maior acontecendo quando o povo de Deus se reúne. Precisamos concentrar a nossa atenção em Deus. Elas precisam concentrar a sua atenção em Deus. Concentrar-se nEle é a melhor coisa para as crianças.

 

6. Maridos, saiam com os seus filhos quando for necessário. Na maioria dos casos, a esposa passará muito tempo com as crianças ao longo da semana. Os maridos podem amar as suas esposas saindo com a criança do culto para que a esposa possa ser alimentada pela Palavra de Deus. Pode haver momentos em que a esposa precisa ser a única a sair com uma criança do culto, mas o marido fazer isso regularmente é uma boa regra geral.

 

7. Sente-se em um lugar discreto. Especialmente se você estiver em uma fase de treinamento, talvez seja necessário sair em algum momento durante o culto. Se possível, sente-se em um lugar onde você possa sair de uma forma que cause menos distração. Faça um acordo com alguns membros bondosos da igreja que costumam sentar nesse bom cantinho. Diga a eles que você pode lavar o carro deles. Lembre-os de que haverá um lugar especial no Céu para eles, se tomarem a sua cruz e trocarem de lugar com você.

 

8. Dê exemplo pelo modo como você adora. Tentamos orar por nossa igreja e por outras igrejas locais nos sábados à noite. Queremos indicar aos nossos filhos que estamos preparando os nossos corações para adorar o Cristo ressuscitado no Dia do Senhor. No culto, desejamos cantar, orar e prestar atenção de tal forma que lhes mostre a solene alegria de adorar o Senhor. Oramos para que Deus possa fortalecê-los enquanto criam os seus filhos na doutrina e admoestação do Senhor!

TEMAS

AUTORES

ARQUIVOS

INSCREVA PARA RECEBER
NOSSAS ATUALIZAÇÕES: