Textos

 
<  1  2  3  

A Morte de Estevão, por R. M. M'Cheyne

 

“E apedrejaram a Estêvão que em invocação dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito.” (Atos 7:59)

 

Estevão foi o primeiro a morrer como um mártir pela causa de Cristo; e ele parece assemelhar-se ao Salvador mais do que qualquer um que o seguiu posteriormente. Seu próprio rosto pareceu como o rosto de um anjo. Sua sabedoria irresistível em disputar com os judeus era muito semelhante à de Cristo; sua oração por seus inimigos em seu último suspiro quase com as mesmas palavras usadas pelo Salvador, e a recomendação de sua alma às mãos do Senhor Jesus, foi feita no mesmo espírito de confiança como aquela em que Cristo disse: “Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito” [Lucas 23:46]. Não pode haver dúvida de que foi ao olhar para Jesus ele se tornou, assim, semelhante a Cristo; e a última visão que ele teve de Cristo parece especialmente tê-lo dado a compostura celestial na morte, o que está muito acima do natural.

Veja mais

O Amor a Jesus, por C. H. Spurgeon

 

O Amor A Jesus, Sermão Nº 338. Pregado na manhã de domingo, 30 de setembro de 1860.

Por C. H. Spurgeon, no Exeter Hall, Strand, Londres.

“Ó tu, a quem ama a minha alma.” (Cânticos 1:7)


Se a vida de um Cristão pudesse ser comparada a um sacrifício, então a humildade cava a base, a fundação para o altar; a oração traz as pedras não lavradas e as empilham umas sobre as outras; a penitência enche de água o rego ao redor do altar; a obediência ordena a madeira; a fé argumenta com Jeová-Jiré, e coloca a vítima sobre o altar; porém o sacrifício está incompleto até este momento, pois, onde está o fogo? O amor, só o amor pode consumar o sacrifício provendo o necessário fogo celestial. Independentemente do que nos falte em nossa piedade, assim como é indispensável que tenhamos fé em Cristo, assim também é absolutamente imprescindível que amemos a Cristo. O coração que está desprovido de um sincero amor por Jesus, ainda está morto em seus delitos e pecados. E se alguém se atreve a afirmar que tem fé em Cristo, porém não O ama, nós, imediatamente, ousaríamos declarar categoricamente que sua religião é vã.

Veja mais

TEMAS

AUTORES

ARQUIVOS

<  1  2  3  

INSCREVA PARA RECEBER
NOSSAS ATUALIZAÇÕES: