Textos

 
<  1  2  3  4  5  >

Jesus Cristo: O Verdadeiro e Seguro Refúgio para os Pecadores, por Anne Dutton

 

[Cartas de Anne Dutton Sobre Temas Espirituais • Of refuges for sinners]
 

Minha querida irmã em nosso precioso Senhor Jesus,
 

Eu simpatizo com você nas afeições de Cristo; e oh, que o Senhor, por mim, possa fortalecer as mãos fracas, e diga ao seu coração temeroso: “não temais”! Quanto ao temor que permanece em você, “de que você não tem a fé verdadeira”, considere que o Senhor tem convencido você de seu estado arruinado por natureza, da insuficiência de suas melhores realizações para ajudar ou salvar você, e tem revelado Seu querido Filho em você, como o único remédio, a cidade de refúgio, para onde um pecador que perece deve fugir, onde, unicamente, a alma estará segura. E você fugiu para Cristo agora, ou não? Algum refúgio ou outro a sua alma certamente tem, ou você não poderia ter paz de seus perseguidores: das maldições da lei justa de Deus que se interpõem em Seu livro contra os pecadores; de Sua estrita justiça, que é contra os infratores da lei; do diabo; do poder da morte; e da temerosa tempestade da ira vingativa de Deus, que em fogo, enxofre e um vento tempestuoso cairá sobre os ímpios no terrível Dia do Senhor que se aproxima. Não há alma que esteja convencido de seu perigo, nestes aspectos, senão a que vê que precisa de um refúgio, e paz na consciência; para algum refúgio a alma corre.
 

Sobre os refúgios para os pecadores, há apenas dois: eles mesmos e Cristo — a própria obediência do homem, ou a obediência do Filho de Deus.

Veja mais

Oh, Rica, Livre, Gloriosa Graça! Por Anne Dutton

 

[Cartas de Anne Dutton Sobre Temas Espirituais • Oh, free, rich, glorious grace!]

 

Meu caros e honrados Irmãos,

 

Grandes coisas fez o Senhor pelas vossas almas, em mostrar-lhes sua miséria pelo pecado, seu estado arruinado e perdido por natureza, ao revelar Cristo, o remédio glorioso, e em direcionar vossos corações a se apegar a Ele pela fé e amor, como o único Salvador. E nenhuma das almas de vocês que olhar e vir a Cristo para a vida — alguma vez morrerá — morrerá eternamente. Não, meus queridos irmãos, vocês que creram em Jesus, que confiaram suas almas nas mãos do Salvador, já passaram da morte para a vida, e não entrarão em condenação. Seu estado em Cristo será sempre seguro. [...] Você que, uma vez esteve morto, e olha para o Salvador para a sua completa salvação, viverá pela Sua morte. Você que ceou o Cordeiro imolado, viverá e reinará com Ele, como a Noiva do Cordeiro, para todo o sempre. Assim será feito a vós, meus irmãos, a quem o Rei da glória deseja honrar. Oh, livre, rica, gloriosa graça!

Veja mais

Um Apetite Espiritual, por Anne Dutton

 

[Cartas de Anne Dutton Sobre Temas Espirituais • spiritual appetite]
 

Meu querido irmão no Senhor,
 

Um apetite espiritual, saborear as coisas espirituais, é um favor de distinção conferido a ninguém, senão àqueles que são propriedade de Cristo. “O homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, pois lhe são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente”. E os homens espirituais, que têm um apetite, uma capacidade de saborear as coisas espirituais, não podem ter prazer real no mesmo, sem as influências imediatas do Espírito Santo. É Ele Quem toma das coisas de Cristo e do Pai, e mostra-as para nós.

Veja mais

Lugar de Refúgio, por Anne Dutton

 

[Cartas de Anne Dutton Sobre Temas Espirituais • I may lose all created sweets]

 

Querida Irmã,

 

Bendito seja Deus, Ele tem me feito muito bem por meio da aflição de meu último ano. O Senhor tem me humilhado sob a Sua poderosa mão, unido a minha vontade à Sua, purificado meus desejos, exercitado a minha fé, esperança e paciência, e fez-me, em alguma boa medida, viver nEle mesmo como o meu presente e eterno tudo. Eu tenho estado mais preocupada com meu dever de “glorificar a Deus na fornalha”, do que meramente ser liberta da tribulação. E bendito seja o meu terno Pai, Ele estabeleceu limites para a minha aflição em Seu próprio querido tempo, que é em todos os sentidos, o melhor. Aquele que me permitiu “confiar nEle nas trevas”, e debruçar-me sobre o meu Deus, meu Deus, mais uma vez me trouxe para a luz, e eu tenho contemplado a Sua justiça. Oh, quão bem-aventurado é o homem que tem o Deus de Jacó por seu auxílio! — por sua ajuda na tribulação e livramento dela.

Veja mais

Adeus! Por Anne Dutton

 

[Cartas de Anne Dutton Sobre Temas Espirituais • Then farewell forever!]

 

Minha mui querida irmã em nosso precioso Senhor,

 

Alegro-me em ouvir sobre a prosperidade de sua alma sob essas aflições que tenso vindo sobre seu corpo. Eu tenho novamente sido visitada com doença, e estou fraca. A mão e o coração de nosso próprio Deus, o nosso Deus de amor, está em tudo para nós. Em tudo, amemos, bendigamos e adoremos o Seu Nome, pois honrosas e gloriosas são todas as Suas obras, e Ele é mui digno de nosso louvor em tudo. Sob a doce, crescente influência do livre amor de Deus, nós O amamos tanto quando Ele franze a testa, como quando Ele sorri.

 

Um espírito crente, amoroso, adorador, sob castigo Divino, é um excelente espírito — um estado de alma que glorifica a Deus. Nossas aflições, leves como elas são, quando sendo colocadas sobre nós e nós resistimos sob elas, por meio da mão todo-graciosa e todo-poderosa do Senhor, são feitas bênçãos para nós. Elas podem muito bem ser suportadas por nós, não somente enquanto elas são designadas, e terminarão, em proveito presente e eterno de nossa alma, mas também, e principalmente, em que o nosso Deus é e será glorificado por demonstrar a Sua glória de Seus infinitos amor, graça, misericórdia, sabedoria, poder, fidelidade e bondade paternal em relação a nós nelas — e pela nossa atribuição de toda a honra em dever filial a Ele.

Veja mais

TEMAS

AUTORES

ARQUIVOS

<  1  2  3  4  5  >

INSCREVA PARA RECEBER
NOSSAS ATUALIZAÇÕES: