Textos

 
< <  <  4  5  6  

Adoração, por A. W. Pink

 

Uma das falácias mais graves e destruidora de almas dos nossos dias é que as almas não-regeneradas são capazes de adorar a Deus. Provavelmente o maior motivo deste erro ter ganhado tanto terreno é a ignorância generalizada que prevalece sobre a...

 

A Genuína Natureza da Verdadeira Adoração

 

As pessoas imaginam que se participarem de um culto, comportarem-se com reverência, juntarem-se ao canto dos hinos, ouvirem respeitosamente o pregador e contribuírem para a oferta, elas realmente adoraram a Deus. Pobres almas iludidas, uma ilusão que se agrava pelo ofício sacerdotal enxertado no pregador moderno. Contra esta ilusão estão as palavras de Cristo em João 4:24, que são surpreendentes em sua simplicidade e pungência: “Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade”.
 

Veja mais

Evangelismo Moderno, por A. W. Pink

 

A maioria do chamado evangelismo dos nossos dias é uma tristeza para os Cristãos genuínos, pois eles sentem que ele não tem qualquer garantia escriturística, que está desonrando a Deus, e que ele está enchendo as igrejas com professos vazios. Eles estão chocados que tão espumosa superficialidade, excitação carnal e sedução mundana estejam associadas com o santo nome do Senhor Jesus Cristo. Eles lamentam o barateamento do Evangelho, a sedução de almas incautas, e a carnalização e comercialização do que é para eles inefavelmente sagrado. Requer pouco discernimento espiritual perceber que as atividades evangelísticas da cristandade durante o último século têm constantemente deteriorado de mal a pior, mas poucos parecem perceber a raiz de onde este mal surgiu. Agora, será nosso esforço expô-la. Seu objetivo foi errado e, portanto, o seu fruto é defeituoso.

 

O grande projeto de Deus, do qual Ele nunca Se desviou e nunca Se desviará, é glorificar a Si mesmo — manifestar diante de Suas criaturas que Ele é um Ser infinitamente glorioso. Esse é o grande objetivo e ao final Ele terá em tudo aquilo que Ele faz e diz. Para isso Ele sofreu que o pecado entrasse no mundo. Para isso foi Sua vontade que Seu Filho amado Se tornasse carne, rendesse perfeita obediência à Lei Divina, sofresse e morresse. Para isso Ele agora está tomando para fora do mundo um povo para Si mesmo, um povo que deve mostrar eternamente os Seus louvores. Para isso tudo é ordenado por Seu lidar providencial. A isso tudo na terra está agora sendo dirigido, e realmente executará o mesmo. Nada mais do que isso é o que regula a Deus em todas as Suas atuações: “Porque dele, e por dele, e para ele são todas as coisas, glória, pois a ele para sempre. Amém” (Romanos 11:36).
 

Veja mais

A Visão de Ossos Secos, por R. M. M'Cheyne

 

“Veio sobre mim a mão do SENHOR, e ele me fez sair no Espírito do SENHOR, e me pôs no meio de um vale que estava cheio de ossos. E me fez passar em volta deles; e eis que eram mui numerosos sobre a face do vale, e eis que estavam sequíssimos. E me disse: Filho do homem, porventura viverão estes ossos? E eu disse: Senhor DEUS, tu o sabes. Então me disse: Profetiza sobre estes ossos, e dize-lhes: Ossos secos, ouvi a palavra do Senhor... 

 

Ele se descreve como posto por Deus no meio de um vale que estava cheio de ossos. Era como se ele estivesse colocado no meio de algum espaçoso campo de batalha, onde milhares e dezenas de milhares foram mortos, e ninguém deixado para trás para enterrá-los. As águias haviam muitas vezes se reunido sobre os cadáveres, e ninguém as havia repelido, e os lobos das montanhas tinham comido a carne daqueles homens fortes, e bebido o sangue dos príncipes. As chuvas do céu tinham branqueado tais ossos, e os ventos que sopravam sobre o vale aberto os tinham desnudado; e um intenso sol de verão havia embranquecido e secado os ossos. E enquanto o profeta esteve em redor e por perto de modo a ver a triste cena, esses dois pensamentos surgiram em sua mente: “Eis que eram mui numerosos sobre a face do vale, e eis que estavam sequíssimos”.
 

Veja mais

Uma Palavra Sincera Aos Não-Convertidos, por Richard Baxter

 

[A presente tradução consiste somente no Prefácio da obra A Call to the Unconverted, to Turn and Live, [Um Chamado Para Que o Não-Convertido Se Converta e Viva], que é composta por este Prefácio e mais 4 Sermões baseados em Ezequiel 33:11.]

 

Para todas as pessoas não santificadas que lerão este livro; especialmente para os meus ouvintes em Borough e Paróquia de Kiderminster.

 

Homens e irmãos,

 

O Deus eterno, que fez vocês para a vida eterna, e os redimiu por meio de Seu único Filho, quando vocês perderam isto e a si mesmos, estando consciente de vocês em vosso pecado e miséria, tanto compôs o Evangelho, e o selou por Seu Espírito, e ordenou a seus ministros pregá-lo ao mundo, para que o perdão seja livremente oferecido a vocês, e o Céu sendo posto diante de vocês, Ele pode chamá-los para fora de seus prazeres carnais, e de seguir após o mundo enganador, e familiarizá-los com a vida para a qual vocês foram criados e redimidos, antes que vocês estejam mortos e fora de remediação.
 

Veja mais

TEMAS

AUTORES

ARQUIVOS

< <  <  4  5  6  

INSCREVA PARA RECEBER
NOSSAS ATUALIZAÇÕES: