Textos

 
1  2  3  >

Devocional Banco da Fé • 9 de Fevereiro

 

A Escória é Removida

 

“E farei passar esta terceira parte pelo fogo, e a purificarei, como se purifica a prata, e a provarei, como se prova o ouro. Ela invocará o meu nome, e eu a ouvirei; direi: É meu povo; e ela dirá: O Senhor é o meu Deus.” (Zacarias 13:9)

 

A graça nos transforma em metais preciosos, em seguida, o fogo e a fornalha seguem como uma consequência necessária. Isto já aconteceu conosco? Será que preferiríamos ser considerados sem valor, para que pudéssemos desfrutar de descanso, como as pedras da rua!? Isso seria escolher a pior parte — como Esaú preferiu o guisado e desistiu de sua porção da aliança. Não, Senhor; com prazer preferimos ser lançados na fornalha, em vez de ser lançados fora da Tua presença!

 

O fogo apenas refina; não destrói. Devemos passar pelo fogo, não ser deixados nele. O Senhor valoriza o Seu povo como a prata, e, portanto, Se esforça para limpá-los, removendo a sua escória. Se formos sábios, vamos sim aceitar o processo de refinamento, em vez de recusá-lo. A nossa oração será que a nossa escória seja tirada de nós, em vez de sermos retirados do crisol.

Veja mais

Devocional Banco da Fé • 8 de Janeiro

 

Pureza de Coração e Vida

 

“Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus.” (Mateus 5:8)

 

Pureza, a própria pureza de coração, é a principal coisa a ser desejada. Nós precisamos ser limpos no interior por meio do Espírito e da Palavra, e então seremos limpos no exterior pela consagração e obediência. Existe uma ligação íntima entre os afetos e a compreensão: se amamos o mal não podemos compreender o que é bom. Se o coração está sujo, o olho será obscurecido. Como os homens podem ver um Deus santo se eles amam as coisas profanas?

Veja mais

Devocional Banco da Fé • 16 de Dezembro

 

Expulsão Divina

“Porque expulsarás os cananeus, ainda que tenham carros de ferro, ainda que sejam fortes.” (Josué 17:18)


Este é um grande incentivo para a bravura na certeza da vitória, pois, deste modo um homem vai para a guerra confiante e valente, onde antes ele temia. Nossa guerra é contra o mal dentro de nós e ao nosso redor, e nós devemos ser convencidos de que somos capazes de conseguir a vitória e que devemos obtê-la em nome do Senhor Jesus. Nós não estamos correndo para uma derrota, mas para a vitória, e venceremos. A graça de Deus em Sua onipotência é manifestada para expulsão do mal em todas as formas: daí a certeza do triunfo.

Veja mais

Devocional Banco da Fé • 8 de Dezembro

 

Seguir Conduz à Honra

 

“Se alguém me serve, siga-me, e onde eu estiver, ali estará também o meu servo. E, se alguém me servir, meu Pai o honrará.” (João 12:26)

 

O serviço mais elevado é a imitação. Se eu sou servo de Cristo, devo ser Seu seguidor. Fazer o que Jesus fez é a forma mais segura de trazer honra ao Seu nome. Que eu me lembre disso todos os dias.

 

Se eu imitar a Jesus terei a Sua companhia: se eu sou como Ele, estarei com Ele. No devido tempo, Ele me levará para morar com Ele acima, se, entretanto, eu busquei segui-lO aqui abaixo. Depois de ter padecido, nosso Senhor foi ao Seu trono, e do mesmo modo, depois de termos sofrido por um tempo com Ele aqui na terra, nós também chegaremos à glória. A questão da vida de nosso Senhor será a questão da nossa: se permanecermos com Ele em Sua humilhação, estaremos com Ele em Sua glória. Venha, minha alma, tenha coragem e coloque os teus pés nas pegadas marcadas por sangue que o teu Senhor deixou.

Veja mais

Devocional Banco da Fé • 5 de Dezembro

 

Fortaleza nas Alturas

 

“Este habitará nas alturas; as fortalezas das rochas serão o seu alto refúgio, o seu pão lhe será dado, as suas águas serão certas.” (Isaías 33:16)

 

Habita em perfeita segurança o homem a quem Deus tem dado a graça de ter uma vida irrepreensível.

 

Ele habita nas alturas, acima do mundo, fora do ângulo de tiro do inimigo e perto do céu. Ele tem grandes propósitos e motivos, e ele encontra elevados consolos e companhia. Ele se alegra nos montes de amor eterno, onde tem a sua morada.

 

Ele é defendido pelas provisões das fortalezas das rochas. As coisas mais firmes no universo são as promessas e propósitos do Deus imutável, e estes são a segurança do crente obediente. Ele é suprido por esta grande promessa: “Pão lhe será dado”. 

Veja mais

TEMAS

AUTORES

ARQUIVOS

1  2  3  >

INSCREVA PARA RECEBER
NOSSAS ATUALIZAÇÕES: