Devocional Banco da Fé • 19 de Fevereiro

|

Um Futuro Melhor

 

“Eu te afligi, mas não te afligirei mais.” (Naum 1:12)

 

Existe um limite para a aflição. Deus a envia e Deus a remove. Você suspira e diz: “Quando será o fim?”. Lembre-se que os nossos sofrimentos com certeza e por fim terminarão quando esta pobre vida terrena acabar. Vamos aguardar em silêncio e suportar com paciência a vontade do Senhor até que Ele venha.

 

Enquanto isso, nosso Pai celestial tira a vara quando o Seu propósito em usá-la está completamente realizado. Quando Ele remover a nossa insensatez, não haverá mais açoites. Ou, se a aflição é enviada para nós provar, que as nossas graças glorifiquem a Deus, ela acabará quando o Senhor nos fizer testemunhar o Seu louvor. Nós não desejamos que a aflição seja afastada até que Deus obtenha de nós toda a honra que eventualmente pudermos dar a Ele.

 

Hoje pode haver “uma grande bonança”. Quem sabe em quanto tempo essas ondas furiosas darão lugar a um mar calmo e as aves marinhas possam plainar sobre as ondas suaves? Após longa tribulação o debulhador deixa de ser usado e o trigo descansa no celeiro. Em poucas horas, podemos ser tão felizes quanto agora estamos tristes. Não é difícil para o Senhor transformar a noite em dia. Aquele que envia as nuvens pode muito facilmente limpar os céus. Tenhamos bom ânimo. Será melhor no futuro. Vamos cantar aleluia por antecipação.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.