Meditações Diárias | 21 de Maio | J.C. Philpot

|

Farta-nos de madrugada com a tua benignidade, para que regozijemos, e nos alegremos todos os nossos dias. (Salmos 90:14)

Muitos dos queridos filhos de Deus são lançados para cima e para baixo em um mar de grande incerteza, dúvida e medo, porque eles não tiveram manifestações sensíveis de Cristo em sua alma. Jesus não veio até eles no poder do Seu amor; ainda assim eles costumam dizer: “Quando Tu virás a mim? Oh, visita-me com a Tua salvação; fala uma palavra para minha alma; é a Ti, é a Ti somente que desejo ouvir, ver e conhecer!”.

Agora, este é o propósito do gracioso Senhor, o começo secreto de Sua vinda, os anunciadores da Sua aproximação, o alvorecer do dia anterior à aparição da Estrela da Manhã e o sol seguindo o seu curso. Mas quando o Senhor vem em qualquer manifestação doce de Sua presença ou do Seu poder, então Ele habitará ali, pois Ele nunca deixa ou abandona uma alma que Ele tenha visitado. Ele pode parecer fazer isso; Ele pode ser retirar; e então quem pode contemplá-lO? Mas Ele nunca realmente deixa o templo que uma vez Ele adornou e santificou com a Sua presença. Cristo, no coração do Seu povo, é a esperança da glória. O corpo deles é o templo do Espírito Santo, e Cristo habita neles pela fé. Embora muitas vezes lamentamos a Sua ausência e não sintamos a Sua presença graciosa como gostaríamos, Ele ainda está presente, se alguma vez já nos visitou.

 

Título original: Daily Portions — Via: GraceGems.org: • Traduzido e publicado com permissão. Tradução por Juliana e Ana Beatriz Oliveira Meninel • Revisão por Camila Rebeca Teixeira