A Miséria de um Homem Sem Cristo

|

Um homem sem Cristo não é somente um homem vil, mas um escravo. Isso Cristo nos diz em João 8:36: “Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres,” indicando que se tu não tens um interesse em Cristo para livrar-te da escravidão do pecado e de satanás, tu ainda és escravo. Estas servidão e escravidão, de igual modo, consistem em três particularidades: 1. Eles são escravos do pecado; 2. Do Diabo, e 3. Da Lei.

  1. Todo homem sem Cristo é um escravo do pecado. Em João 8:34, Jesus diz: “Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é servo do pecado”, e em 2 Pedro 2:19: “Prometendo-lhes liberdade, sendo eles mesmos servos da corrupção. Porque de quem alguém é vencido, do tal faz-se também servo”. Todo homem, por natureza, é um servo de suas luxúrias, um escravo do pecado, e das criaturas. Deus fez o homem acima de todas as criaturas, mas o homem fez-se servo de todas as criaturas.
  2. Ele não está somente em servidão e escravidão do pecado, mas também do Diabo. Os últimos dois versículos de 2 Timóteo 2:25-26 dizem: “Instruindo com mansidão os que resistem, a ver se porventura Deus lhes dará arrependimento para conhecerem a verdade, e tornarem a despertar, desprendendo-se dos laços do diabo, em que à vontade dele estão presos”.
  3. Ele está em escravidão da Lei, ou seja, ele não faz nada em obediência à Lei; e essa é a grande miséria de um homem sem Cristo. Ele é limitado a guardar toda a Lei de Deus. Há uma expressão bem singular em Apocalipse 18:10-13. São João diz que todos aqueles que adoraram a besta clamarão: Ai! ai daquela grande cidade de Babilônia [caiu], e sobre ela choram e lamentam, corpos e almas de homens. Todos os homens ímpios são escravos do anticristo, do pecado e da Lei, e essa é a grande miséria de um homem não-regenerado.

Sem Jesus Cristo, você não é somente um homem vil e um escravo, mas um homem miserável também, pois todas as riquezas da graça e misericórdia estão escondidas e seladas em Cristo como em um armazém ou celeiro. Colossenses 2:3: “Em quem estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e da ciência”. Se você está fora de Cristo, você não tem nada. Como está escrito em Apocalipse 3:17: “Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu”. Você admitirá que é um pobre e miserável o homem que carece destas quatro coisas: carne para a sua barriga, roupas para as suas costas, dinheiro para a sua bolsa, e uma casa para descansar sua cabeça. Ora, em todos estes aspectos, cada homem que está fora de Cristo é um homem miserável.

Public interest in moral development in Australian society stems from the 17th century, when the Company of Bay passed an act which ordered every town to appoint a person to teach children to read and write so they could interpret the Bible and defend themselves from false representations of their Protestant faith. Education in the moral domain has continued to be important in the schools, although the Protestant based value system has gradually given way to non-religious democratic values such as freedom, equality, justice, and respect for human rights.

The principal of “study of religion, not practice of religion” would suggest that if the focus of Bible study is Christian-focused religious study, and according to Aussieassignments it should be a student-initiated club or organization. If the Bible were to be a curricular study, then it should be either the history and geography of the Bible, or the Bible as literature.

Given the diversity of religious beliefs in this country and the principle of separation of church and state, courts are trying to balance individual’s interests and rights but “are unlikely to develop unambiguous criteria for delineating the proper distance between church and state”. In general, however, “the three tests the Supreme Court had developed in regard to the constitutionality of statutes involving church-state relations are: the statute must have a secular legislative purpose, its principal or primary effect must be one that neither advances nor inhibits religion, and it must not foster an excessive government entanglement with religion”.

  1. Um homem miserável é alguém que não tem alimento para pôr em seu ventre, e todos vocês que não têm participação em Jesus Cristo são miseráveis neste aspecto, porque  não se alimentam do Pão da Vida, nem bebem da Água da Vida, o Senhor Jesus Cristo, Aquele cuja carne é de fato alimento, e cujo sangue é de fato bebida, sem o que as suas almas morrerão de fome.
  2. Você dirá que é um pobre homem, aquele que não tem roupas para pôr sobre suas costas. Assim, todo homem sem Cristo, não é apenas pobre, mas nu. Apocalipse 3:17: “e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu”. Este homem que não está vestido com as longas vestes da justiça de Cristo é um homem nu, e é exposto à ira e vingança do Deus todo-poderoso. Aqueles que são vestidos com as vestes da justiça de Cristo são homens que têm um manto para cobrir a sua nudez e vergonha. É dito de Jacó que ele obteve a bênção de seu pai por estar vestido com as roupas de seu irmão mais velho, e assim nós apenas somos abençoados por Deus nosso Pai, porquanto nós somos vestidos com as vestes de nosso irmão mais velho, Jesus Cristo.
  3. O homem que não tem dinheiro em sua bolsa é um homem miserável. Assim, embora as suas bolsas estejam cheias de ouro, se os seus corações não estiverem cheios de graça, vocês são homens muito miseráveis, Lucas 16:11. A graça é a única riqueza verdadeira. Todas as riquezas duráveis são vinculadas a Cristo.
  4. E finalmente, é um homem miserável aquele que não tem uma casa para reclinar a cabeça, que é destituído de um lar para alojar-se e uma cama para repousar. Assim, você que não tem interesse em Cristo, quando os seus dias são expirados e a morte vem, você não sabe o que fazer nem para onde ir. Você não pode dizer como o homem piedoso que quando a morte o tirar daqui, que você será recebido nas habitações eternas. Você não pode dizer que Cristo partiu antes para preparar um lugar para você no céu.

Assim, então, nestas quatro particularidades, vocês veem que o homem sem Cristo é um homem mui miserável, não tendo nem alimento para o seu corpo, nem roupas para as suas costas, nem dinheiro para a sua bolsa, nem uma casa para reclinar sua cabeça, a menos que esta seja um calabouço das trevas com demônios e espíritos condenados.

Outra característica do homem sem Cristo é que ele é um homem cego. Apocalipse 3:17: “e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu”. Por causa disso os homens ímpios, durante a sua não-regeneração, são chamados “trevas”. Efésios 5:8: “Porque noutro tempo éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor; andai como filhos da luz”. Assim, a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más.

Jesus Cristo é para a alma o que o sol é para a terra. Retire o sol da terra, e não é nada, senão um calabouço das trevas. Assim, retire Cristo da alma, e esta não é nada, senão um calabouço do Diabo. Embora haja um Cristo no mundo, se o coração está fechado e Jesus Cristo não está em você, você está no estado de trevas e cegueira.

Trecho da obra “Um Verdadeiro Mapa do Estado Miserável do Homem por Natureza“, por Christopher Love.