Uma Receita Venenosa: Como Destruir a sua Igreja

|

Aqui está o passo a passo de uma receita que tenho visto ser eficaz por repetidas vezes ao longo da minha vida. Nesse domingo eu estou pregando sobre as diretrizes positivas para evitar o pecado da fofoca por meio da obra interna do Espírito Santo e do campartilhar dos Seus frutos. Porém hoje compartilho essa receita perigosa para que, quando identificar esses ingredientes venenosos em sua vida, você saiba o que pode estar causando desavisadamente.

1) Seja um intrigante.

Provérbios 16:28: “O homem perverso instiga a contenda, e o intrigante separa os maiores amigos”.

2) Permita que a sua língua e as línguas dos membros de sua família sejam desenfreadas.

Tiago 3:5-8: “Assim também a língua é um pequeno membro, e gloria-se de grandes coisas. Vede quão grande bosque um pequeno fogo incendeia. A língua também é um fogo; como mundo de iniqüidade, a língua está posta entre os nossos membros, e contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, e é inflamada pelo inferno. Porque toda a natureza, tanto de bestas feras como de aves, tanto de répteis como de animais do mar, se amansa e foi domada pela natureza humana; mas nenhum homem pode domar a língua. É um mal que não se pode refrear; está cheia de peçonha mortal”.

3) Coloque um padrão mais elevado sobre os outros do que sobre você.

Provérbios 11:9: “O hipócrita com a boca destrói o seu próximo”.

4) Presuma o pior das outras pessoas.

Salmo 41:7: “Todos os que me odeiam murmuram à uma contra mim; contra mim imaginam o mal”.

5) Dê ouvidos a rumores de uns contra os outros.

Provérbios 17:4: “O ímpio atenta para o lábio iníquo, o mentiroso inclina os ouvidos à língua maligna”.

6) Espalhe todos os rumores que você ouve.

Provérbios 17:9: “Aquele que encobre a transgressão busca a amizade, mas o que revolve o assunto separa os maiores amigos”.

7) Esqueça que você foi muito perdoado e exija que você seja tratado com perfeição.

Mateus 18:27-28: “Então o Senhor daquele servo, movido de íntima compaixão, soltou-o e perdoou-lhe a dívida. Saindo, porém, aquele servo, encontrou um dos seus conservos, que lhe devia cem dinheiros, e, lançando mão dele, sufocava-o, dizendo: Paga-me o que me deves”.

Agora, esteja avisado. Seguir essa receita sempre atrai o julgamento de Deus sobre as cabeças daqueles que a utilizam. E, tragicamente, tenho visto algumas vidas de pessoas muito doces sendo destruídas por esse veneno sendo atiçado em suas casas, e algumas das igrejas mais felizes sendo machucadas e até mesmo destruídas por causa disso.

Salmo 101:5: “Aquele que murmura do seu próximo às escondidas, eu o destruirei; aquele que tem olhar altivo e coração soberbo, não suportarei”.

 

Título original: A Poisonous Recipe: How to Destroy Your Church — Via: NCFIC.org • Traduzido e publicado com permissão. Tradução por Camila Rebeca Teixeira • Revisão por William Teixeira