Meditações Diárias | 9 de Julho | J.C. Philpot

|

Qual é o homem que teme ao Senhor? Ele o ensinará no caminho que deve escolher❞ (Salmos 25:12)

Em toda a multiplicidade e variedade de circunstâncias que afligem os filhos de Deus, o Senhor já deu um passo errado? Embora Ele tenha desorientado a natureza, embora tenha desconcertado a razão, embora tenha virado nossos planos de cabeça para baixo, embora talvez tenha feito o que mais temíamos e frustrado todos os propósitos e inclinações naturais de nosso coração, podemos dizer que Deus errou, que Ele cometeu um erro? Podemos dizer que Deus agiu insensatamente, que Ele não fez o que é para o nosso bem espiritual?

Coração murmurador, rebelde e incrédulo, aquiete! Deveria o homem, sendo tolo, um verme da terra, uma criatura de um dia, erguer a sua voz insignificante e dizer que Deus pode se enganar? Seu caminho é muito escuro, muito complexo, muito perplexo; você não pode ver a mão de Deus na provação que agora está sobre você; não consegue crer que isso cooperará para o seu bem… eu admito: já senti isso, ja pensei assim. Mas o tempo virá, quando este caminho escuro em que você está andando agora, será visto cheio de luz radiante, quando você provar a verdade dessas palavras: “Ele conduziu o cego por um caminho desconhecido”.

Quando sabemos que Deus é infinitamente sábio, que Ele não pode errar, que todas as Suas ações devem ser carimbadas com a Sua própria sabedoria eterna, somos silenciados, mantemos a nossa paz, não temos nada a dizer como Arão. Qquando Nadabe e Abiú foram feridos pelo Senhor, Arão sabia que Deus não poderia errar; ele se manteve em paz (Levítico 10:3). Esse é nosso acerto. Se conhecemos algo da loucura da criatura e se conhecemos algo da sabedoria de Deus, esse é nosso modo de agir corretamente. Quando nossos queridos Nadabs e Abiús são feridos diante de nossos olhos, devemos manter a nossa paz, colocar nossa boca no pó; pois Deus ainda está realizando o Seu propósito diante e apesar da natureza, dos sentidos e da razão.

 

Título original: Daily Portions — Via: GraceGems.org: • Traduzido e publicado com permissão. Tradução por Juliana e Ana Beatriz Oliveira Meninel • Revisão por Camila Teixeira