Meditações Diárias | 16 de Julho | J.C. Philpot

|

❝ Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.❞ (1 Timóteo 2:5)

Que Jesus Cristo é Deus, é o próprio fundamento da Sua salvação; pois é a Sua Divindade eterna que dá virtude, eficácia e dignidade a tudo que, como Homem, Ele fez e sofreu por Seu povo escolhido. Se Jesus não fosse Deus, Deus e Homem em uma Pessoa gloriosa, que esperança haveria para as nossas almas culpadas? Seu sangue poderia expiar os nossos pecados, a menos que a Sua Divindade lhe desse eficácia? A Sua justiça poderia nos justificar, a menos que a Deidade transmitisse mérito e valor a todos os feitos e sofrimentos da Sua humanidade? O Seu coração amoroso poderia se compadecer de nós e nos libertar, a menos que “como Deus sobre todos”, Ele visse e conhecesse tudo o que se passa dentro de nós e tivesse todo o poder, bem como toda compaixão, para agir em nosso favor?

Nós estamos continuamente em circunstâncias em que nenhum homem pode nos fazer o menor bem e onde não podemos ajudar ou libertar a nós mesmos; estamos em armadilhas e não podemos quebrá-las; estamos em tentações e não podemos nos livrar delas; estamos em aflições e não podemos nos consolar; somos ovelhas vagueantes, e não conseguimos encontrar o caminho de volta ao rebanho; estamos continuamente andando após ídolos e “cisternas rotas” e não conseguimos voltar às “fontes de águas vivas”. Quão adequado e doce, então, é para aqueles que são assim afligidos, ver que há um Emanuel gracioso à destra do Pai, cujo coração está cheio de amor e cujas afeições se movem com compaixão; que derramou O Seu próprio sangue precioso para que eles pudessem viver; que executou uma justiça gloriosa e “é capaz de salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus” [Hebreus 7:25].

 

Título original: Daily Portions — Via: GraceGems.org: • Traduzido e publicado com permissão. Tradução por Juliana e Ana Beatriz Oliveira Meninel • Revisão por Camila Teixeira