Meditações Diárias | 26 de Julho | J.C. Philpot

|

❝ E farei passar esta terceira parte pelo fogo, e a purificarei, como se purifica a prata, e a provarei, como se prova o ouro. Ela invocará o meu nome, e eu a ouvirei; direi: É meu povo; e ela dirá: O Senhor é o meu Deus.❞ (Zacarias 13: 9)

É uma misericórdia estar na fornalha, e é uma misericórdia ser conduzido em meio ao fogo. A promessa do Senhor para a terceira parte é que Ele os fará passar através do fogo. Eles devem, portanto, de acordo com Sua própria palavra, ser colocados no fogo, e ainda assim não serão deixados nele. É “pelo fogo” – através dele, do começo ao fim, seja ele longo e brando ou curto e feroz. O Senhor sabe exatamente o que podemos suportar, e nem sempre é o fogo mais ardente que produz os efeitos mais suavizadores.

Alguns metais são de fato tão teimosos, e a escória está tão profundamente enraizada neles, que eles parecem exigir um fogo mais ardente do que outros. Mas depois que a lei fez o seu trabalho, e as impurezas e escória foram removidas, o Senhor não costuma trazer de volta uma fornalha tão quente. É um pouco de provação, tentação, doença, aflição familiar, angústia nas providências, perseguição, descobertas profundas e diárias do corpo do pecado e da morte, as ocultações da face do Senhor e negações de Sua presença que parecem compor a aflição que que prova de que tipo é a fé de cada homem.

Por essas provações e aflições há um gradual afastamento do mundo, humildade, mansidão e quebrantamento de espírito perante o Senhor, maior simplicidade e sinceridade piedosa, obediência mais voluntária aos preceitos do Evangelho e maior desejo de saber a vontade de Deus e fazê-la. Que esses frutos do Espírito possam abundar em nós e em todos os santos e servos de Deus!

Título original: Daily Portions — Via: GraceGems.org: • Traduzido e publicado com permissão. Tradução por Juliana e Ana Beatriz Oliveira Meninel • Revisão por Camila Teixeira