Meditações Diárias | 30 de Julho | J.C. Philpot

|

❝ Deus com a sua destra o elevou a Príncipe e Salvador, para dar a Israel o arrependimento e a remissão dos pecados.❞ (Atos 5:31)

Jesus é “elevado a Príncipe e Salvador, para dar a Israel o arrependimento e a remissão dos pecados”. Os dois vão juntos. Sempre que Ele dá arrependimento, Ele dá remissão; onde quer que Ele conceda remissão, concede arrependimento. Não será permitido omitir o arrependimento. Todo filho de Deus é levado a arrepender-se dos seus pecados e pelo arrependimento, a abandoná-los. “Mas”, você diz, “Eu me arrependi? Considerando a natureza e magnitude de meus pecados, se eu fosse um pecador arrependido, certamente eu deveria estar de luto e triste por eles o dia todo”.

O que cria essa dúvida em sua mente? Porque você está frequentemente insensível, triste, apático e frio. Aqui precisamos distinguir entre aquela tristeza piedosa pelo pecado que é sentida na mente espiritual, e aquela dureza e escuridão de nossa mente carnal que ainda é inimizade contra Deus, onde não existe fé ou amor, arrependimento ou qualquer outra coisa boa.

Mas houve épocas e momentos em que, sob uma influência peculiar, seu coração foi compungido e suavizado diante de Deus; quando se arrependeu verdadeiramente do pecado; quando você sentiu que era realmente uma coisa má e amarga pecar contra um Deus tão bom, santo, grande e glorioso; quando a pedra foi derretida, o coração duro cedeu, os olhos caíram em lágrimas, e o peito esteve quase pronto para explodir de tristeza penitencial por seus pecados, e pelos sofrimentos e tristezas do Filho e Cordeiro de Deus, e você só conseguia abominar-se no pó e na cinza diante do Seu santo e penetrante olhar que sonda os corações.

 

Título original: Daily Portions — Via: GraceGems.org: • Traduzido e publicado com permissão. Tradução por Juliana e Ana Beatriz Oliveira Meninel • Revisão por Camila Teixeira