Meditações Diárias | 05 de Agosto | J.C. Philpot

|

❝ Ele enviará desde os céus, e me salvará do desprezo daquele que procurava devorar-me. (Selá.) Deus enviará a sua misericórdia e a sua verdade.❞  (Salmo 57:3)

E onde a misericórdia de Deus é revelada? Exteriormente na Palavra de Deus e interiormente no coração. E é enviando a Sua misericórdia à consciência, derramando o Seu amor na alma, manifestando o Seu favor perdoador no interior, que Deus “salvará do desprezo daquele que procurava devorar-me”. O homem pode dizer: “Eu não duvido da sua religião. Certamente você tem evidências e testemunhos de ser um filho de Deus!”. Os ministros podem vir e se empenhar em acalmá-lo, e muitas vezes, por seu consolo, causar mais danos do que auxílio. “Ah, sem dúvida, se você se preocupa com essas coisas, é um filho de Deus”; como se um homem pudesse estar satisfeito com preocupações, e porque tem fome e sede do Senhor, poderia se contentar com a fome e a sede. Não; estas coisas não lidam com a enfermidade secreta, não vão suficientemente longe, nem suficientemente fundo, nem vêm com poder divino como da boca do próprio Senhor. Tudo isso deixa o pobre paciente aflito, desolado e abatido; e não remove aquilo sob o qual sua alma está afligida.

Mas é a misericórdia, a doce misericórdia, quando enviada do céu e lançada do alto em seu espírito, aplicada à sua consciência, revelada ao seu coração e avivada em sua alma pelo Espírito de Deus – que o salva do opróbrio de todo inimigo procurava devorá-lo. Pois, se ele puder descansar e confiar a si mesmo aos braços da misericórdia, o que o homem pode fazer, o que Satanás pode fazer, o que o pecado pode fazer, o que a morte pode fazer, o que o inferno pode fazer para prejudicá-lo? Se a misericórdia de Deus está do seu lado, revelada ao seu coração, e enviada do céu para a sua alma, quem ou o quê o devorará?

 

Título original: Daily Portions — Via: GraceGems.org: • Traduzido e publicado com permissão. Tradução por Camila Teixeira