Informação adicional

Autor

A Disciplina Espiritual e as Nossas Atividades, por Paul Washer

REF: e96a81e68aca Categoria:

Descrição

Sermão com preciosos ensinos!

Eis um trecho:

A vida Cristã não é ministério. A vida Cristã não é cumprir regras. A vida Cristã nem é apenas avivamento. A vida Cristã é comunhão com Ele. E é isto que você precisa mais do que tudo. É o que eu preciso mais do que tudo: Comunhão com Cristo, sentar quieto, estar ali aos Seus pés, estudar a Sua Palavra, orar, buscar a Sua face.

Uma das coisas que me levou a saber que realmente tinha que casar com a mulher que casei, foi perceber que podia sentar ao lado dela sem fazer absolutamente mais nada, e isso era melhor do que fazer alguma coisa sem ela.

Quando foi a última vez que você se sentou em silêncio diante de Deus? Com elevados pensamentos sobre Deus? Dizendo-Lhe palavras ternas? Ouvindo, deleitando-se, elevando-se? Sabem, a maioria das pessoas diz, “Irmão Paul, não consigo orar muito”. E, depois de lhes falar sobre as suas vidas de oração, percebo porque não conseguem: Porque reduzem a oração apenas à intercessão e é por isso que não conseguem orar.

Meu querido amigo, permita-me dizer uma coisa. Acha que orar é difícil? Intercessão é difícil. É uma tarefa que fazemos com as botas calçadas. E se a sua vida de oração é somente intercessão, não vai orar muito porque isso é ministério. É difícil interceder pelas pessoas, pelas nações, pelo reino, “estar na brecha”. É difícil. Mas não é o todo, na vida de oração.

Oração é ações de graças, é buscar, é lembrar, pensar no dia que passou, buscar ter certeza que nada ocorreu por acaso, mas dar graças a Deus por todas as coisas. É confissão. Confissão é maravilhosa. Maravilhosa.

Robert Murray McCheyne disse isto: “Quando entramos na banheira, não lavamos por partes. Lavamos o todo. É o mesmo com a confissão”.

Alguns de vocês, agora mesmo a sua consciência está pesada. Não se sentem limpos, não se sentem livres, sentem-se sujos. Quando você começa a sentir assim, sabe qual é o problema? Precisa sentar-se, ouvir, ler a Palavra, clamar a Deus para examinar o seu coração. E tudo o que Ele traz à sua mente que é pecado, precisa confessar, confessar, confessar, e ficar ali até ser limpo. Isto é confissão.

Porém, mais do que tudo, é comunhão. Comunhão. Sentar-se no escuro, meditar num texto e pensar grandes coisas sobre Deus. Esse é o seu prazer, é a sua herança. Esse é o seu direito à nascença, para que possas “conhecer a Deus e a Jesus Cristo, a Quem Ele enviou”.

Então, a primeira coisa que queria compartilhar com vocês é que uma das suas grandes necessidades, e minha também, é ter constantemente prazer no Senhor, constantemente ir para longe com Ele, calar-se perante Deus. Você fará isso? Vai obedecer? Arrepende-se? Se arrependerá? Vai obedecer e começará a buscar o seu Deus?
 

Informação adicional

Autor