Informação adicional

Autor

A Morte de Estevão, por R. M. M?Cheyne

REF: 9ac7433e5be8 Categoria:

Descrição

 

Este é um dos Sermões mais singelos e belos que li nos últimos dias. Aprouve ao Santo Espírito registrar no Livro Santo, doces verdades sobre o momento da morte de uma alma crente, na visão de Estevão, ao ser apedrejado, por amor do Senhor Jesus: “Eis que vejo os céus abertos, e o Filho do homem, que está em pé à mão direita de Deus”, o que se segue é o suave suspiro confiante: “Senhor Jesus, recebe o meu espírito.”

“Aquela era uma visão de Cristo à mão direita de Deus.

Aquela era uma visão de Cristo em pé.

Cristo, estando à mão direita de Deus é mencionado dezesseis vezes na Bíblia; treze vezes Ele é descrito como sentado ali; duas vezes como estando ali; mas somente aqui Ele é mencionado como de pé.

Isso parece ter produzido uma profunda e vívida impressão no espírito de Estevão, pois ele clama: “Eis que vejo os céus abertos, e o Filho do homem, que está em pé à mão direita de Deus”, então, com uma doce certeza de que as mãos de Cristo foram estendidas para recebê-lo, ele gritou, “Senhor Jesus, recebe o meu espírito.”

A partir disso, Sr. M´Cheyne expõe uma doce doutrina: “Uma vez que Cristo está à mão direita de Deus, e uma vez que Ele ergue-se para receber o crente moribundo, os crentes devem entregar o seu espírito ao Senhor Jesus.”

“Aprenda que morrer é, para o crente, melhor do que viver. Se Cristo se levanta para receber a alma, então a alma estará com Jesus. Mas, estar com Cristo, é estar em glória; Por conseguinte, é muito melhor. Oh! Estejam dispostos, cristãos, a estarem ausentes do corpo e presentes com o Senhor. Ali vocês estarão livres da dor das pedras persecutórias; não mais sarcasmo, amigos cruéis, sem mais dúvidas sobre a sua alma, não mais pecado em vosso coração. “Oh! quem me dera asas como de pomba! Então voaria, e estaria em descanso” Salmos 55:6].

Conheça o pavor de não ter nenhum interesse em Jesus Cristo. Você deve morrer; e ainda, como é que você morrerá, pobre alma sem Cristo? Para quem você entregará o seu espírito morrer? (1). Não haverá bons anjos esperando em volta de sua cama; nem as mãos suaves de espíritos ministradores estendidas para receber a sua alma tremente. (2). Você não terá nenhum Cristo levantando-Se para recebê-lo. Você nunca lavou-se em Seu sangue; você não quis vir a Ele para ter a vida; muitas vezes Ele estendeu as mãos, mas você as empurrou para longe; e agora Ele não terá compaixão de você. (3). Você não terá nenhum Deus; Deus não será o seu Deus; Ele não será seu amigo; você sempre foi seu inimigo. Seu coração orgulhoso não se reconciliará com Ele; e agora você O encontrará um inimigo de fato.

Para onde você irá? Você deve morrer. Sua respiração deve cessar. Esses olhos que olham para mim neste dia, devem fechar-se na morte; este coração que você sente bater no seu seio, deixará de bater. E o que você fará com a sua alma? A quem você a entregará, uma coisa desprovida, culpada, tremente, com a ira de Deus habitando nela? Nenhum dos anjos se atreverá a protegê-la. Nem rochas ou cavernas ou montanhas, pode escondê-la. O próprio inferno será um refúgio da justa ira de Deus. Oh! Seja sábio agora: “Convertei-vos, convertei-vos dos vossos maus caminhos; pois, por que razão morrereis, ó casa de Israel?” [Ezequiel 33:11].”

Bendito seja Cristo, nosso Guia até a morte. Amém!

Informação adicional

Autor