Informação adicional

Autor

A Palavra de Deus, Nossa Única Regra, por João Calvino

REF: 52b6bd0ba619 Categoria:

Descrição

 

Baseado em Tito 1:15-16, “Todas as coisas são puras para os puros, mas nada é puro para os contaminados e infiéis; antes o seu entendimento e consciência estão contaminados. Confessam que conhecem a Deus, mas negam-no com as obras, sendo abomináveis, e desobedientes, e reprovados para toda a boa obra”, João Calvino expõe os riscos de nos afastarmos da Palavra de Deus e nos enredarmos em doutrinas e mandamentos de homens:

• Superstições e Cerimonialismo.

• A Liberdade Cristã.

• Resignação diante da misericordiosa providência do Senhor; fé e pureza.

• Bênçãos em Cristo.

• É a fé que deve nos purificar.

• A humildade que podemos ter ao obedecer as tradições dos homens seria pior do que toda a rebelião no mundo; porque isso está roubando a Deus de Sua honra, e concedendo, como que um despojo, para os homens mortais.

• Deus deseja ser servido com obediência, tomemos cuidado de nos mantermos dentro daqueles limites que Deus estabeleceu; e não permitamos que os homens adicionem qualquer coisa deles mesmos a isso.

• Devemos ser fiéis e firmes em nossa liberdade; devemos seguir a regra que nos é dada na Palavra de Deus, e não permitir que as nossas almas sejam trazidas coma escravas a novas leis forjadas por homens.

• Queremos que Deus aprove as nossas obras, elas devem estar de acordo com a Sua Divina Palavra.

• Se quisermos saber como nossa vida deve ser regulamentada, examinemos o conteúdo da Palavra de Deus.

• As obras que Deus requer de nossas mãos.

• Prostremo-nos diante da face de nosso bom Deus, reconhecendo nossas faltas, orando para que Ele nos faça percebê-las mais claramente, e para que nos conceda tal confiança no nome de nosso Senhor Jesus Cristo, para que venhamos a Ele e tenhamos a certeza do perdão de nossos pecados; e que Ele nos fará participantes da santa fé, pela qual toda a nossa imundícia é lavada.
 

Informação adicional

Autor