Informação adicional

Autor

As Evidências da Depravação Total do Homem, por A. W. Pink

REF: 0d7ab314c60e Categoria:

Descrição

Neste artigo Arthur Pink fala sobre umas das doutrinas mais odiadas e intragáveis pelo mundo narcisista e humanistas que nos cerca.

O autor prova por meio de argumentos históricos e empíricos que o mundo é mal continuamente e que não existe um justo sequer, todos se desviaram e a uma se fizeram inúteis e imprestáveis para todos tipo de boas obras, sendo como ramos podres de vide degenerada para nada mais prestando senão para serem lançados no fogo. Verdadeiramente todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus. Desviaram-se de Deus e abraçaram com a corrupção e o mau. Desviando-se dos caminhos da justiça atinaram com as veredas da morte. Tendo sido criados à imagem e semelhança de Deus, pelo pecado, fizeram-se semelhantes a imagem do diabo e Satanás.

Embora seja grande a força dos argumentos históricos e empíricos, esta grande verdade é anunciada abundantemente pelas Escrituras que dizem: “Não há um justo, nem um sequer. Não há ninguém que entenda; não há ninguém que busque a Deus. Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só. A sua garganta é um sepulcro aberto; com as suas línguas tratam enganosamente; peçonha de áspides está debaixo de seus lábios; cuja boca está cheia de maldição e amargura. Os seus pés são ligeiros para derramar sangue. Em seus caminhos há destruição e miséria; e não conheceram o caminho da paz. Não há temor de Deus diante de seus olhos” (Romanos 3:10-18).

É impossível valorizar o remédio quando não se tem um conhecimento claro da gravidade da doença. Conheça sua corrupção e abundante pecado e somente assim poderás conhecer a Grandioso Salvador. Jesus Cristo, e sua superabundante Graça.
 

Informação adicional

Autor