Informação adicional

Autor

Formato

eBook/PDF

Páginas

25

Título Original

Como ser una Mujer de Dios

Edição

Como Ser uma Mulher de Deus?

REF: CSMDPW Categorias: , ,

Descrição

Como Ser uma Mulher de Deus?

Estudo ministrado por Paul David Washer
Na Igreja do Salvador, Peru, em junho de 2012.

 

Introdução

Vivam conforme a Palavra de Deus, não somente na igreja, mas também na família. Muitas vezes a igreja é fraca por que a família é fraca. Em vez de seguirmos o exemplo de Cristo e os princípios bíblicos, temos aprendido do mundo e, por causa da nossa falta de conhecimento, a família e os crentes estão sendo destruídos.

Na semana passada nós estudamos sobre o papel do homem na família em Efésios 5 e Gênesis 1, e de vez em quando vamos retornar a esse tema. Mas hoje vamos pensar mais nas mulheres. Eu ensinei e exortei os homens, e vou continuar a fazê-lo, mas hoje vamos falar da esposa. E na semana que vem, se Deus quiser, vamos estudar sobre os pais e os filhos, pois eu vejo atualmente que a família muitas vezes é como um circo, onde os filhos são os que lideram e controlam, e não deve ser assim.

A família deve ser um lugar de paz, um lugar de amor e de disciplina e obediência; quando os filhos correm, caminham, brincam e gritam como selvagens, há problemas na família, e o problema principal é o pai, sim, é o pai. Mas hoje vamos falar mais sobre o papel da esposa.

Vamos começar em 1 Pedro 3:1-7:

Semelhantemente, vós, mulheres, sede sujeitas aos vossos próprios maridos; para que também, se alguns não obedecem à palavra, pelo porte de suas mulheres sejam ganhos sem palavra; 2 Considerando a vossa vida casta, em temor. 3 O enfeite delas não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no uso de joias de ouro, na compostura dos vestidos; 4 Mas o homem encoberto no coração; no incorruptível traje de um espírito manso e quieto, que é precioso diante de Deus. 5 Porque assim se adornavam também antigamente as santas mulheres que esperavam em Deus, e estavam sujeitas aos seus próprios maridos; 6 Como Sara obedecia a Abraão, chamando-lhe senhor; da qual vós sois filhas, fazendo o bem, e não temendo nenhum espanto. 7 Igualmente vós, maridos, coabitai com elas com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais fraco; como sendo vós os seus coerdeiros da graça da vida; para que não sejam impedidas as vossas orações.

Oremos irmãos:

Pai, nos apresentamos diante de ti, em nome do teu Filho Jesus Cristo. Senhor, nossa maior necessidade é sermos conformados à imagem do teu Filho, não somente na igreja, Senhor, mas também na família. Senhor, temos aprendido tantas coisas antibíblicas. Ajuda-nos a crescer na sabedoria, a rejeitar os pensamentos mundanos e danosos, e a recebermos como leite puro, Senhor, a sabedoria da tua Palavra. Senhor, ajuda-nos a sermos transformados, não conforme as doutrinas e heresias deste mundo, mas conforme a tua Palavra para que sejamos exemplos da tua graça, não somente como homens ou mulheres, mas em nossos matrimônios e famílias. Senhor, ajuda-me também a falar em espanhol,[1] a comunicar as verdades da tua Palavra; e, Senhor, eu te peço tudo isso em nome do teu Filho, Jesus Cristo. Amém.

Submissão Bíblica

Versículo 1: “Semelhantemente, vós, mulheres, sede sujeitas aos vossos próprios maridos”.

Na semana passada nós estudamos um pouquinho sobre o que significa o homem ser o cabeça da família. O homem tem autoridade na família como cabeça, mas não como César, mas como o Senhor Jesus Cristo. Nós, como homens, como cabeças na família, devemos viver vidas muito sacrificiais e usar nossa autoridade para abençoar as nossas famílias. Muitos homens atualmente usam os textos bíblicos para manipular e oprimir os demais, mas isso não deve acontecer.

O que significa que sou cabeça, que tenho autoridade em minha família? Eu sou responsável por ler mais as Escrituras, eu tenho que orar mais, eu tenho que trabalhar mais, eu tenho que refletir mais a vida e glória de Cristo. Essa é a minha responsabilidade. Devo guiar a minha família não somente por meio do ensino da Palavra de Deus, mas também por meio do meu exemplo.

É muito fácil pregar, pois as pessoas somente escutam às suas palavras e, talvez, creiam que você é um homem de Deus. É mais difícil discipular crentes através do discipulado pessoal, pois eles podem conhecer algo da sua vida. Todavia, há algo ainda mais difícil: viver a vida em família, pois ali todos os seus erros se manifestam.

Irmãos, novamente, vejam o que aconteceu, em somente cinco minutos: nós pretendemos falar sobre a mulher, mas ainda estamos falando sobre os homens. Por quê? Porque é bíblico. A família depende do comportamento do homem e do que significa ele ser o cabeça.

Agora, o que significa submeter-se ao seu esposo? Significa o seguinte: você deve honrá-lo, respeitá-lo e reconhecer que, na família, ele tem autoridade. Como o homem deve responder? Com amor, misericórdia e sacrifício.

Por exemplo, como eu disse na semana passada, que se temos que tomar uma decisão importante na família, eu não vou tomar a decisão sozinho, mas falarei com minha esposa e se ela e eu estivermos de acordo, então vamos fazê-lo. Se ela não estiver de acordo, então isso é como um luz vermelha para mim e eu devo orar mais, devo buscar mais conselho, devo orar e conversar mais com ela, até que cheguemos a um acordo. Mas o que ocorre se não chegarmos a um acordo e tivermos que tomar a decisão? Então, devo assumir a minha responsabilidade e tomar a decisão. E se eu estiver correto em minha decisão, não devo gloriar-me disso, mas se eu estiver enganado, ela não deve se gloriar.

Esposa, é muito difícil ser a autoridade em uma família. É muito difícil ser o homem da família. O homem tem que tomar muitas decisões e ele não é perfeito, ele cometerá equívocos. Se você quiser prejudicar o seu marido, se quiser prejudicar a sua família, se quiser ocasionar danos aos seus filhos, então quando o seu esposo errar, você deve simplesmente ficar atrás dele se queixando e o acusando, e fazendo com que a vida dele se torne uma miséria. É difícil ser homem, é difícil ter a autoridade na família.

Quando o seu esposo errar, você deve animá-lo e respeitando-o para que ele venha a ser conformado à imagem do Filho de Deus e para que ele chegue a ser o homem que deve ser. Você não transformará o seu esposo ao critica-lo, ao lutar contra ele; não aja assim. Ele nunca chegará a ser como Cristo com uma esposa que possui um espírito crítico. Nunca.

Se você quiser que o seu esposo seja o homem que deve ser, você tem que ser um instrumento do Senhor para a transformação dele. E você só pode ser esse instrumento ao se submeter às Escrituras e ao se comportar como as Escrituras ordenam.

 


[1] Este texto foi transcrito e traduzido a partir de uma pregação em que Paul Washer fala a irmãos peruanos, em espanhol.

Informação adicional

Autor

Formato

eBook/PDF

Páginas

25

Título Original

Como ser una Mujer de Dios

Edição