Informação adicional

Autor

Como Toda a Doutrina da Predestinação é Corrompida Pelos Arminianos, por John Owen

SKU: bb6c42ba1d35 Categoria:

Descrição

“Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade” (2 Coríntios 13:8).

Este é um dos textos mais importantes que o Senhor nos concedeu traduzir e compartilhar com o Seu povo de fala portuguesa. Quando uma Porção tão preciosa da Verdade de Deus — a saber, a Sua absoluta soberania em salvar o Seu Povo eleito por meio das obras e méritos do Senhor Jesus Cristo, somente, não por obras dos homens (sejam previstas ou atuais), para que ninguém se glorie — está sendo tão atacada e pervertida em nossos tempos degenerados, é hora de nos levantarmos com vigor renovado, e pela graça de Deus, pelejarmos por Sua causa e por Sua Verdade, condenando nominalmente o(s) erro(s) dos adversários da verdade — neste caso tal erro grosseiro e pernicioso intitula-se “Arminianismo” — e anunciando o que a Palavra revela de forma especialmente abundante e clara sobre este glorioso tema: A Livre e Soberana Eleição Eterna de Deus.

Neste escrito, o Sr. Owen propõe-se a elucidar os erros terríveis dos Arminianos, ao expor a sua oposição direta ao ensino da Escritura; bem como a magnifica a graça de Deus, ao expor biblicamente a Doutrina da Eleição. Assim, solenemente recomendamos esta leitura aos irmãos, para que compreendam “Como toda a Doutrina da Predestinação é Corrompida pelos Arminianos”.

Sobre cada ponto do ensino Arminiano, podemos dizer: “de onde os Arminianos aprenderam esta doutrina? Nem uma palavra disso [foi] a partir da Palavra da Verdade; nenhuma menção de qualquer eleição inconstante, nenhum discurso sobre fé, senão como a consequência de um eterno decreto irrevogável da predestinação: “creram todos quantos estavam ordenados para a vida eterna” (Atos 13:48). Sem distinção de homens meio e inteiramente eleitos, onde é afirmado que é impossível que o eleito seja enganado, Mateus 24:24; que ninguém arrebataria as ovelhas de Cristo das mãos de Seu pai, João 10:28-29. O que eles querem mais? O propósito da eleição de Deus está selado, 2 Timóteo 2:19, e, portanto, não pode ser revogado; deve manter-se firme, Romanos 9:11, apesar de toda a oposição. Nem a razão nos permite pensar qualquer ato imanente de Deus como incompleto ou revogável, por causa da mera aliança que tem com Sua própria natureza. Mas a razão, a Bíblia, o próprio Deus, todos devem ceder lugar a quaisquer absurdos, se eles estão no caminho Arminiano, trazendo o seu ídolo com brados e preparando seu trono, pela alegação da causa de sua predestinação estar neles mesmos.”

Recomendamos a nós mesmos, e a todos os leitores à graça de Deus. Cristo nos ilumine. Amém!

Curvemo-nos diante de Sua Majestade. A Cristo seja a glória pelos séculos sem fim. Amém!
 

Informação adicional

Autor