Informação adicional

Autor

Feliz És Tu, ó Israel, por R. M. M’Cheyne

SKU: 6e4b881b1b91 Categoria:

Descrição

 

Neste Sermão de Robert M´Cheyne compõe uma bela exposição sobre os grandes feitos do Senhor, pelos quais o Seu Povo é feito bem-aventurado!

A libertação do Povo de Israel do julgo Egípcio, a travessia do Mar Vermelho e o Caminhar do Povo em direção à Canaã são desvelados mui graciosamente como tipos e sombras da Grande Salvação que Deus opera por Seu Povo, por meio de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Todo Cristão pode maravilhar-se do fato de ser um Crente em Jesus Cristo, pois sabemos que à parte da Maravilhosa Graça de Deus continuaríamos mortos em nossos delitos e pecados, e sob a Ira de Deus. Assim, o povo de Deus é reverentemente feliz, pois é Eleito na Eternidade, Chamado, Justificado, Santificado por Deus, e vive na certeza de um dia entrar no Descanso de Deus, em Canaã Celestial.

“Não oferece júbilo a você que Ele pensou sobre você em Seu suor sangrento; que Ele pensou em você sobre a cruz, e intencionou aqueles sofrimentos para estar em seu lugar? Oh, filhinhos como isto deveria elevar os seus corações em santo arrebatamento acima do mundo; acima de seus cuidados irritantes; de suas brigas mesquinhas; de seus prazeres contaminantes; se vocês guardassem esta santa alegria interiormente; acolhendo a própria palavra de seu Senhor: ‘Pai… me amaste antes da fundação do mundo’ [João 17: 24].”

Ó, mui misterioso Amor Eletivo! Quão consolador é meditar em tão Grande e Eterno Amor!

Não há alegria verdadeira fora de Cristo Jesus, por meio de quem tempo paz com Deus e com os homens. Todo Crente pode dizer que a Salvação da Graça e a Comunhão com o Senhor Jesus é a única Fonte Perene de sua alegria e paz. “Senhor DEUS! já começaste a mostrar ao teu servo a tua grandeza e a tua forte mão; pois, que Deus há nos céus e na terra, que possa fazer segundo as tuas obras, e segundo os teus grandes feitos?” [Deuteronômio 3:24].

Por fim, este texto também oferece um chamado aos não convertidos:

“Você pensaria ser uma grande coisa se o rei deixasse o seu trono, e batesse à sua porta, e lhe suplicasse para aceitar um pouco de ouro, mas, oh! quanto maior coisa há aqui. O Rei dos reis deixou seu trono, e morreu, o justo pelos injustos, e agora bate à sua porta. Pecador descuidado, você ainda permanece resistente?”

Bem como um cuidado pastoral ao Povo de Deus:

“Permaneça, como um necessitado pecador, corra para o Deus Salvador. Jogue fora a questão se você jamais acreditou ou não; e diga, eu acreditarei agora; e assim, no período da noite, será luz, e você morrerá com o Deus eterno e seu refúgio. Os seus olhos fecharão para este mundo apenas para abrirem para o mundo aonde não há dúvida, e nem medo, e nem morte.” Tal como criança, “Entregue a si mesmo aos braços eternos.”

Louvado seja Deus, por nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, pois por meio dEle tu és feito verdadeiramente feliz, ó Cristão. Amém!

***

Bem-aventurado o povo ao qual assim acontece; bem-aventurado é o povo cujo Deus é o Senhor” [Salmos 144:15]

Informação adicional

Autor