Informação adicional

Autor

Providência, por Anne Dutton

REF: 1ce5c8209fd3 Categoria:

Descrição

Uma Carta da doce e sábia Sra. Dutton.

***

Caro senhor, 

Às vezes sou apta a estar entristecida com a forma como as coisas acontecem; mas quando penso que Deus cumpre Seus seguros propósitos para a Sua glória e bem de Seu povo, por meio de coisas que para nós parecem contingências, e que Aquele que impede o nosso caminho em um lugar, abre-o em outro — meu espírito repousa.

Você apreciará bem estas providências aflitivas, quando você vê-las governadas pela infinita sabedoria e graça para que atendam o seu propósito central: a glória de Deus, e seu maior benefício. Nós devemos crer agora; nós veremos em breve. Enquanto isso, oh, anelemos por um espírito manso e humilde, paciente, semelhante ao de Cristo!

Tribulações não nos fazem nenhum mal, nem nos afligirão em demasia, se formos capazes de nos portarmos bem debaixo delas. Mas se insensatamente desviarmos nosso olhar para fora da “soberana mão de Deus” nelas, em direção às “criaturas”, e os nossos espíritos se preocuparem e se irritarem com instrumentos, isso nos fere instantaneamente, e enfraquece as nossas mãos excessivamente. Em paciência, dominemos as nossas almas, e veremos que o nosso todo-sábio e todo-misericordioso Senhor fez, faz e fará bem todas as coisas. Mui certamente cada homem se inquieta em vão — o conselho de Deus subsistirá, e Ele fará toda a Sua vontade. Será que gostaríamos que as coisas ocorressem de outra forma além do que bem — de alguma maneira melhor do que o melhor em absoluto? E assim todas as coisas sempre ocorrem bem para nós em Cristo, para nós que somos o deleite, o cuidado e o fardo do Príncipe Emanuel — sobre aqueles poderosos ombros todo o peso do governo recai por Seu e nosso Pai!
 

Informação adicional

Autor