Informação adicional

Autor

Sermão Nº 1633, Sara e Suas Filhas, por C. H. Spurgeon

SKU: ae752802b266 Categoria:

Descrição

 

Um Sermão doce, mui instrutivo e repleto de “palavras de prudência”, alicerçado em:

“Olhai para Abraão, vosso pai, e para Sara, que vos deu à luz; porque, sendo ele só, o chamei, e o abençoei e o multipliquei.” (Isaías 51:2)

“Como Sara obedecia a Abraão, chamando-lhe senhor; da qual vós sois filhas, fazendo o bem, e não temendo nenhum espanto.” (1 Pedro 3:6)

•••

• Abraão teve motivos para louvar a Deus por Sara e Sara era grata por Abraão. Eu não tenho a menor dúvida de que o caráter de Sara devia muito de sua excelência a Abraão. Eu não me maravilharia, no entanto, se descobrirmos, quando todas as coisas são reveladas, que Abraão devia tanto quanto à Sara! Eles provavelmente aprenderam um com o outro. Às vezes o mais fraco consolou o mais forte e muitas vezes o mais forte sustentou o mais fraco. Eu não me maravilharia se um intercâmbio mútuo das suas várias graças tendeu a torná-los ricos nas coisas de Deus. Talvez Abraão não houvesse sido tudo o que Abraão foi se Sara não fosse tudo o que Sara era.

• Nosso primeiro texto nos ordena: “Olhai para Sara.

• Aquele que valoriza os nomes de Seus Apóstolos, atentava também para as mulheres que seguiam em Seus caminhos.

• Os olhos do Senhor estão sobre os inumeráveis seres rastejantes no grande mar, bem como sobre o leviatã, Ele atentará para você. Se Ele envia as chuvas inundantes que fazem fortes os cedros, que estão cheios de seiva e enfeitam a fronte do Líbano, assim também Ele envia a cada pequena folha da grama a sua própria gota de orvalho. Deus não esquece o menor em Seu cuidado pelo maior! Sara foi em vida coberta com o escudo do Todo-Poderoso, assim como Abraão, seu marido, na morte ela descansou no mesmo túmulo, no Céu ela tem a mesma alegria! No Livro do Senhor ela tem o mesmo registro!

• Deus tem formas de produzir coisas mui preciosas em pequena escala.

• A fé tem muitas formas de trabalhar e ela opera de acordo com a condição e posição da pessoa na qual ela habita. Sara não se torna Abraão, nem Abraão se torna Sara.

• Assim, Sara é embelezada com as virtudes que adornam uma mulher, enquanto Abraão é adornado com todas as excelências que são apropriadas a um homem piedoso.

• Havia dois frutos da fé em Sara: ela fazia o bem e não temia nenhum espanto. Vamos começar com o primeiro. Está escrito que ELA FEZ O BEM: “da qual vós sois filhas, fazendo o bem”.

• O ponto em que vou demorar-me agora é este, a saber, que ela provou sua fé por uma segunda evidência: ELA NO “TEMEU NENHUM ESPANTO”. O texto diz: “da qual vós sois filhas, fazendo o bem, e não temendo nenhum espanto”. Ela era calma e tranquila e não era dada ao medo por qualquer terror.

• Assim, calmamente resignada a Cristã deve ser!

• A mulher Cristã não deve ter medo de nenhum espanto seja na adversidade ou na doença, mas sua santa paciência deve provar que ela é uma verdadeira filha de Sara e Abraão.

• Mulheres Cristãs nos dias de Pedro estavam sujeitas à perseguição, tanto quanto seus maridos. Elas foram trancadas na prisão, açoitadas, torturadas, queimadas ou mortas à espada. Uma santa mulher nos primeiros dias da Igreja foi jogada sobre os chifres de touros. Outra foi obrigada a sentar-se em uma cadeira de ferro em brasa. Assim foram torturadas, não aceitando o seu livramento. Nos primeiros dias de martírio, as mulheres atuaram com os homens, bem como os homens! Elas desafiaram o tirano a fazer o seu pior sobre seus corpos mortais, pois seus espíritos vencedores riam a cada tormento! Se os tempos de perseguição retornassem, ou se eles já estão aqui, em alguma medida, ó filhas de Sara, façam o bem e não temam nenhum espanto! E assim, se vocês devem ser chamadas para algum dever difícil, se vocês forem obrigadas a fazer o que vocês sentem que não podem fazer, lembre-se que qualquer um pode fazer o que puder fazer. É o crente que faz o que ele não pode fazer. Alcançaremos o que é impossível pelo poder do Deus todo-poderoso. Não temam, pois, por qualquer dever, mas creiam que vocês serão capazes de fazê-lo, pois a graça será suficiente para vocês.

• Por fim, na perspectiva da morte, minhas queridas amigas, que vocês não temam nenhum espanto!

• Esta santa calma vem também, a partir do andar com Deus. Nenhum lugar é tão sereno quanto o lugar secreto dos tabernáculos do Altíssimo. Comunguem com Deus e vocês esquecerão o medo. Mantenham comunhão diária com Cristo na oração, no louvor, no serviço, examinando Sua Palavra, na submissão de seu coração à obra do Espírito eterno, e enquanto vocês andam com Deus encontrarão quietude para si mesmos. Vocês conhecem como o nosso poeta o coloca:

“Oh! por um caminhar mais íntimo com Deus,
Obteremos um estado calmo e celestial.”

• Se vocês tiverem o prazer de se alimentarem de certas verdades de Deus as quais produzirão esta calma de espírito, lembrem-se, em primeiro lugar, de que Deus é cheio de amor e, portanto, nada que Deus envia pode prejudicar Seu filho.

• “Confiai no SENHOR perpetuamente; porque o SENHOR DEUS é uma rocha eterna” [Isaías 26:4].
• Que Deus as abençoe com esse auxílio gracioso e vocês louvarão o Seu nome. Amém.

•••

Pai celestial, graças Te dou em o nome do Senhor Jesus Cristo, Teu Filho Unigênito, nosso Redentor e Senhor, graças Te damos ó, Deus por mais esta tradução. Louvado seja o Teu nome, que o Espírito Eterno possa agradar-Se em aplicar tais preciosos ensinamentos em nossos corações, gravando neles aquilo que somente Tu sabes que cada um de Teus filhos e filhas necessita. Que o Teu nome seja magnificado em toda terra. Amém.
 

 

Informação adicional

Autor