Informação adicional

Autor

Sermão Nº 1735, As Doutrinas da Graça Não Levam ao Pecado, por C. H. Spurgeon

SKU: 96e2b83b796b Categoria:

Descrição

“Porque o pecado não terá domínio sobre vós, pois não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça. Pois que? Pecaremos porque não estamos debaixo da lei, mas debaixo da graça? De modo nenhum.” (Romanos 6:14-15)

• A graça é a alma do Evangelho, sem ela, o Evangelho está morto. A graça é a música do Evangelho, sem ela o Evangelho é silenciado quanto a todo o consolo. Eu também procurei expor a Doutrina da Graça, em termos breves, ensinando que Deus trata com os pecadores sobre a base da pura misericórdia, considerando-os culpados e condenados, Ele concede livre perdão, completamente independente do caráter passado, de quaisquer boas obras que possam ser previstas.

• Movido apenas por piedade, Ele elaborou um plano para o resgate do pecado e de suas consequências, um plano em que graça é a característica principal. Por favor gratuito, Ele providenciou na morte de Seu Filho amado, uma expiação através da qual a Sua misericórdia pode ser justamente concedida.

• Ele aceita todos aqueles que depositam a sua confiança nesta expiação, a escolha da fé como o caminho da salvação, para que possa ser totalmente por graça.

• A graça começa a salvar e continua até que tudo seja consumado.

• Imediatamente o homem não regenerado procura artilharia com a qual lutar contra o Evangelho da graça de Deus!

I. Em primeiro lugar, você verá que o Evangelho da graça de Deus promove a verdadeira santidade nos homens, lembrando que A SALVAÇÃO QUE É OPERADA É A SALVAÇÃO DO PODER DO PECADO.

• Quando pregamos a salvação para o mais vil dos homens, alguns supõem que queremos dizer por isto uma mera libertação do inferno e uma entrada no céu. Isto inclui tudo aquilo e resulta nisso, mas isso não é o que queremos dizer!

• O que queremos dizer por salvação é o seguinte: a libertação do amor ao pecado, o resgate do hábito do pecado, a libertação do desejo de pecar. Agora escute. Se é assim, que aquele dom da libertação do pecado é o dom da graça Divina, de que forma esse dom, ou a distribuição gratuita dele, produzirá pecado? Não vejo qualquer perigo.

II. Em segundo lugar, não deixe que seja esquecido, como uma questão de fato que O PRINCÍPIO DO AMOR TEM SIDO RECONHECIDO COMO TENDO GRANDE PODER SOBRE OS HOMENS.

III. Não há temor de que as Doutrinas da Graça levarão os homens ao pecado, porque SUAS OPERAÇÕES SÃO CONECTADAS COM UMA REVELAÇÃO ESPECIAL DA MALIGNIDADE DO PECADO.

IV. Lembre-se, também, que não somente o homem é perdoado, consequentemente colocado contra o pecado pelo processo de convicção, PORÉM TODO HOMEM QUE PROVA DA GRAÇA SALVADORA DE DEUS É FEITO UMA NOVA CRIATURA EM CRISTO JESUS.

V. Uma das principais garantias para a santidade do perdoado é encontrada no caminho da purificação através da expiação. O sangue de Jesus santifica, assim como o perdoa.

VI. Em sexto lugar, um homem que se torna participante da graça Divina e recebe a nova natureza é após isso sempre UM PARTICIPANTE DA DIÁRIA AJUDA DO ESPÍRITO SANTO DE DEUS.

VII. A INTEIRA ELEVAÇÃO DO HOMEM QUE É FEITO PARTICIPANTE DA GRAÇA DE DEUS é também um conservante especial contra o pecado.

• Nosso Senhor Jesus Cristo morreu, mas Ele deixou em Seu Testamento que os principais dos pecadores são objetos escolhidos de Sua misericórdia! – Os pecadores estão sempre em Sua mente, a sua salvação é o Seu grande objetivo. Seu sangue é para eles, o Seu coração é para eles, a Sua justiça é para eles, Seu Céu é para eles!

• Venha, ó culpado, e receba a sua parte! Estenda a mão da fé e agarre a sua porção! Confie em Jesus, com sua alma e Ele te salvará! Deus o abençoe. Amém.
 

Informação adicional

Autor