Informação adicional

Autor

Sermão Nº 262, Graça Distinguidora, por C. H. Spurgeon

REF: 4469d8a3fc27 Categoria:

Descrição

Comovente Sermão alicerçado em, “Porque, quem te faz diferente?” (1 Coríntios 4:7).

Bendito seja Deus por Sua graça que nos foi dada em Jesus Cristo!

“Ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis os seus caminhos! Por que quem compreendeu a mente do Senhor? ou quem foi seu conselheiro? Ou quem lhe deu primeiro a ele, para que lhe seja recompensado? Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém.” (Romanos 11:33-36).

“Aquele, porém, que se gloria, glorie-se no Senhor”! (2 Coríntios 10:17)

***

Eis o seu esboço:

• “Pois quem distingue você?”, “Quem lhe dá misericórdia distinguidora ou discriminadora?”, “Quem te faz diferente dos outros?”.

• O orgulho é um pecado inerente ao homem e, ainda assim, é de todos os pecados o mais tolo! Mil argumentos podem ser usados para mostrar o seu absurdo.

I. Muitos de nós diferimos dos outros quanto aos atos providenciais de Deus para conosco.

II. Agora vamos olhar, não as questões da Providência, mas para as coisas da Graça de Deus. Aqui é que nós, que estamos agora reunidos como Igreja, temos mais razão para bendizer a Deus e dizer: “Quem nos faz diferente dos outros?”.

III. Você desejará, todavia, pensar em outros casos? Quem faz você diferente dos outros desta congregação que estão mais endurecidos do que aqueles que mencionamos? Há alguns homens e mulheres cuja salvação, se dependesse de homens, estaria fora de cogitação, pois seus corações são mais duros do que o aço!

IV. Agora outro caso; a classe mais baixa dos pecadores não se mistura com nossas congregações, mas continua sendo vista em nossos becos, e às vezes, em nossas rodovias.

V. E agora, vamos fazer uma pausa e pensar em outro mal que nos olha no rosto em conexão com cada Igreja. Há casos mais tristes de apostasia em Igrejas maiores que esta. Nós somos muitas vezes obrigados a descobrir o caráter de homens e mulheres que antes pareciam prontos para o Céu, mas que manifestaram que eles nunca tiveram a sua raiz dentro de si.

Oh, bem o poeta o colocou:

 

“Eu acho que escuto o Salvador dizer, você vai Me abandonar, também?”

 

E agora deixemos nossa consciência responder:

 

“Ah, Senhor! Com um coração igual ao meu, a menos que Tu me segures, sinto que cairei como eles”.

VI. Permitam-me mais um contraste; mais uma vez deixe sua gratidão vir comigo. Desde que você e eu nos unimos à Igreja quantos dos que foram nossos companheiros foram condenados, enquanto nós fomos salvos? Quantos que eram melhores do que nós por natureza se afundaram no abismo mais profundo do Inferno?

• Mais uma vez, quem me fez diferente? O meu Senhor fez isso? Então, que eu O sirva mais do que os outros.

• Que o Espírito Santo adicione a Sua bênção sobre estas palavras quebradas — elas foram quebradas porque eles quebraram meu coração e, portanto, eu não poderia ajudar a sua expressão em uma forma quebrada. Deus aceite-as. E queridos irmãos e irmãs, que Deus possa abençoa-las para vocês, ajudando para que vocês amem mais Aquele que é a minha Esperança, a minha Alegria, meu Consolo e meu Tudo!
 

Informação adicional

Autor