Informação adicional

Autor

Sermão Nº 299, Pecado Imensurável, por C. H. Spurgeon

REF: 572adacfcaeb Categoria:

Descrição

 

Neste esclarecedor Sermão, Spurgeon, nos leva a medita sobre o terrível estado de nossa natureza depravada, quem o homem natural está tão cheio de pecado como o mar de sal. E se é assim “quem pode conhecer seus próprios erros?

Ora, não somente não conhecemos a quantidade de pecado, como também não conhecemos a como também não conhecemos a sua natureza, e para nós é impossível conhecer tanto a excessiva quanto a terrível malignidade do pecado, pois “o pecado, como o inferno, é um poço sem fundo!”?.

Mas bendito seja Deus! Pois onde abundou o pecado superabundou a Graça por Jesus Cristo nosso Senhor, sim agora “o cálice está vazio! A Cruz ergue-se não mais para nós morrermos nela! Extinta está a chama do inferno para sempre para o verdadeiro crente! Não mais Deus está irado com o Seu povo, pois Ele aniquilou o pecado pelo sacrifício de Si mesmo!”.

Oh, amado pecador que está lendo estas linhas, medite e creia nestas palavras:

“Oh, eu sei que os meus pecados vão desde o leste até o oeste, buscando elevarem-se até aos céus eternos como montanhas apontam para o Céu. Mas, então, bendito seja o nome de Deus, o sangue de Cristo é maior do que o meu pecado! Essa inundação sem limites do mérito de Jesus é mais profunda do que as alturas das minhas iniquidades! Meu pecado pode ser grande, mas o Seu mérito é ainda maior. Eu não consigo conceber a minha própria culpa, muito menos expressá-la, mas o sangue de Jesus Cristo, Filho amado de Deus, nos purifica de todo pecado! Há infinita culpa, mas há infinito perdão! Iniquidades sem limites, mas méritos ilimitados a ultrapassam totalmente! E se os seus pecados foram maiores do que a largura do céu, Cristo é maior do que o Céu! O céu dos céus não podem contê-lO. Se os seus pecados eram mais profundos do que o inferno sem fundo, ainda assim a Expiação de Cristo é ainda mais profunda, pois Ele desceu mais profundo do que jamais nenhum homem mergulhou, nem mesmo os homens condenados em todo o horror de sua agonia, pois Cristo foi até o fim da punição e mais profundo seus pecados nunca poderão mergulhar! Ah, o amor sem limites, que cobre todos os meus defeitos! Meu pobre ouvinte, creia em Cristo agora. Deus te ajude a crer! Que o Espírito agora lhe capacite a confiar em Jesus! Você não pode salvar a si mesmo. Todas as suas esperanças de auto-salvação são ilusórias. Desista delas agora; venha e tome a Cristo! Justamente como você está, caia em Seus braços. Ele vai levá-lO. Ele vai te salvar. Ele morreu para fazer isso e Ele vive para realizá-lo. Ele não vai lançar fora o espírito que se lança em Suas mãos e faz dEle seu tudo em Todos”.

Glória a Jesus, o Salvador. Amém!

Informação adicional

Autor