Informação adicional

Autor

Sermão Nº 306, Ressurreição!, por C. H. Spurgeon

REF: d7699699677e Categoria:

Descrição

Eu, e cada um dos leitores que agora leem estas linhas, muito em breve, chegaremos ao fim de nossa vida nesta terra caída, e logo todos nós estaremos diante da Morte, e seremos lançados na eternidade, ou para uma vida de alegrias e bem-aventuranças sem fim; ou para a condenação eterna. Não há uma terceira opção. Você, caro leitor, pode dizer com segurança, o que será de você após a sua morte?

Neste Sermão Charles Haddon Spurgeon trata de aspectos essenciais sobre a Doutrina da Ressurreição, um dos pilares da fé Cristã, desvelando, com simplicidade singular, a seguinte porção da Escritura: “Assim também a ressurreição dentre os mortos. Semeia-se o corpo em corrupção; ressuscitará em incorrupção. Semeia-se em ignomínia, ressuscitará em glória. Semeia-se em fraqueza, ressuscitará com vigor. Semeia-se corpo natural, ressuscitará corpo espiritual. Se há corpo natural, há também corpo espiritual” [1 Coríntios 15:42-44].

Através de cada parágrafo, cada Crente, com a bênção de Deus, pode ter as suas esperanças renovadas, e compreender com mais clarezas belas promessas da Escritura, que fazem com que todos os que creem em Jesus Cristo saibam piamente que “estar com Cristo é muito melhor” do que a vida que agora temos: “Ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando Ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos” [1 João 3:2]; “Aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita” [Romanos 8:11]”; “Porque estou certo de que, nem a morte…nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor” [Romanos 8:38-39]; “Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá” [João 11:25].

Em tempos em que os evangélicos são bombardeados com concepções falsas sobre um “outro evangelho” que trata apenas de satisfações temporais, curas, prosperidade, bênçãos e felicidade terrena, um Sermão como este é como um alerta para os que assim vivem: “Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens” [1 Coríntios 15:19].

Os incrédulos também têm a sua porção; pois são lembrados das terríveis agonias que lhes esperam após serem tragados pela garra da morte: “Os pecadores, os ímpios também ressuscitarão dos mortos! Os lábios com os quais vocês beberam a bebida inebriante até que vocês tenham cambaleado novamente – aqueles lábios devem ser usados para beber a ira ardente de Deus! Lembre-se, também, mulher ímpia, os olhos que estão cheios de luxúria serão um dia cheios de horror – os ouvidos com os quais você ouve conversa lasciva ouvirão os gemidos soturnos, os gemidos ocos e gritos de espíritos torturados! Não se engane; você pecou em seu corpo, você será condenado em seu corpo. Quando você morrer, seu espírito deve sofrer sozinho – isto será o começo do Inferno -, mas seu corpo subirá novamente, então essa própria carne na qual você tem transgredido as Leis de Deus – este próprio corpo deve sofrer por isso! Este deve estar no fogo e queimar e estalar e contorcer-se por toda a eternidade!”

Mas, ó Pecador, você não precisa morrer assim, nesta terrível condição, pois hoje, agora mesmo, se você “crer e for batizado será salvo; mas se você não crer será condenado” [Marcos 16:16]. Que Deus faça com que você creia.

Que Deus abençoe a todos nós, por amor de Cristo. Amém. 
 

Informação adicional

Autor