Informação adicional

Autor

Sermão Nº 3358, Graça e Glória, por C. H. Spurgeon

REF: bcd2c031c8a1 Categoria:

Descrição

Eis um pequeno esboço deste Sermão:

“O Senhor dará graça e glória” (Salmo 84:11).

É muito sábio olhar para dentro de nós mesmos para descobrir a nossa própria fraqueza e pobreza espiritual, mas é muito imprudente estar sempre enfatizando esta fraqueza e pobreza, aponte de esquecer que a nossa força não reside ali, nem as nossas riquezas podem ser encontradas dentro de nós mesmos! Vamos olhar para dentro para nos sentirmos humilhados, mas não para nos tornarmos incrédulos. Olhemos para dentro, de modo a ser esvaziado de toda a confiança em nós mesmos, mas nunca de forma a abalar nossa confiança absoluta em Deus. Nosso texto, por assim dizer, nos conclama a buscar o vivente entre os mortos, chamando-nos a procurar pedras preciosas em meio a escória e refugo, contudo nos direcionando par ao próprio Deus vivo, a Fonte transbordante de todo o bem, o nosso Pai cujo braço não está encolhido, para que não possa salvar, e cujo ouvido não está agravado para que Ele não possa nos ouvir hoje à noite! Ele, Ele, o Senhor, Ele, o Infinito, Eterno, Sempiterno, Inimitável EU SOU; o Senhor dará graça e glória, de modo que, embora você pode pensar que você não tem nenhuma graça, Ele vai dá-la a você, e assim você pode ainda temer que obterá a glória, mas Ele pode e irá concedê-la a você! O Senhor dará graça e glória. A primeira palavra do texto, eu digo, é algo que nos leva para longe de inclinar-se sobre as canas quebradas de nossa própria auto-suficiência e algo que nos chama para a Rocha da nossa salvação, onde podemos descansar com segurança!

I. DEUS DARÁ GRAÇA. Para quem Ele vai dar a graça? Se entendermos de alguma maneira, podemos dizer que Ele dará graça aos Seus próprios escolhidos. Assim acontece no Pacto de graça: “Compadecer-me-ei de quem me compadecer, e terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia. Assim, pois, isto não depende do que quer, nem do que corre, mas de Deus, que se compadece” [Romanos 9:15-16]. A graça é algo muitíssimo soberano. Deus tem o direito de dá-la a quem Ele quiser, e Ele cuida para que a soberania para que sua soberania seja vista. Alguns de Seus escolhidos passaram muito tempo no pecado, mas Ele lhes dá graça, para superar tudo isso.

Mas agora, visto que não podemos dizer, exceto por marcas e evidências, que somos os escolhidos e quem são os especialmente resgatados, pode-se dizer que o Senhor dará graça para cada alma crente. Se você colocar toda a sua confiança na Expiação de Cristo, Ele dará graça para você. Mesmo que sua fé seja pequena que pareça que você não seja nada além de uma cana quebrada, Ele não vai esmagar a sua fé, antes Ele te dará graça. E embora a vida espiritual possa pareça ser tão fraca a ponto de ser nula, como um pavio que fumega, ainda assim, Ele não vai apagá-la, antes, porém, dará graça. Se você crê nisto, embora seja com uma fé fraca, você terá a graça Divina! Se você descansar em Cristo, embora haja muito medo e muita desconfiança misturados com a sua confiança, ainda assim Ele dará graça. “Aquele que crer e for batizado será salvo”. Não diz nada a respeito de quanto ele acredita, nem quão pouco: “Aquele que invocar o nome do Senhor será salvo”. Esta passagem não diz o quão alto se deve invocar, ainda que a invocação seja muito fraca, contudo se alguém O invoca, Ele dará graça! “O que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora” [João 6:37]. Esta outra passagem não diz se alguém vem andando, ou correndo, ou rastejando, se ele vem, apenas vem, então ele não será lançado fora! Se você crer no Senhor Jesus Cristo, então será dito a teu respeito: “O Senhor dará graça”.

O mesmo pode ser dito para cada pecador arrependido. Se você abomina seu pecado, se você resolver na força de Deus a renuncia às suas iniquidades, se a doçura do pecado se transformou em amargura, se é como cascalho entre os seus dentes, então Ele vai te dará graça, pois quando você está completamente doente do pecado e do seu “eu”, então Ele lhe dará graça para você se alegrar e se regozijar em Cristo!

Mas para voltamos ao por um momento, vamos nos perguntar: que graça Deus dará?

Ele dará todos os tipos de graça. Há graça não somente plenitude de graça, mas graças de todas as variedades entesouradas em Cristo Jesus. Como as nossas necessidades são muitas, assim, as formas pelas quais a graça nos abençoa são muitas, e Deus vos dará graça em todas essas formas! Você lamenta nesta noite por causa da sua ignorância das coisas profundas de Deus? Você se sente como uma criança a estudar sua cartilha de ABC na grande escola de Deus? Então, se você quer entender com todos os santos quais são as alturas e larguras, e conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, Ele vos dará graça! Ele dará a graça para instruir. Ele vai fazer você saber até mesmo como você é conhecido. Ele lhe dará o Seu Espírito Santo para guia-lo em todas as verdades de Deus e tomar as coisas de Cristo e mostrá-las a você. Ele dará a graça da instrução!

Que o Senhor possa aplicar a vocês essas observações, e agora vamos dizer algumas palavras sobre a segunda grande promessa.

II. O SENHOR DARÁ GLÓRIA.

Ele dará “graça e glória”. Essa palavra, “e”, parece ser muito pequena a medida que a ouvimos. Não é nada, senão uma conjunção tão comum e abundantemente usada que parece não conter nenhum significado! […]. “O Senhor dará graça e glória”. Ora, Ele uniu as duas, graça e glória! Há muitas pessoas que gostariam de rebitar este diamante, mas eles não podem. O Senhor não diz que Ele dará graça e perdição. Ele não diz, por outro lado, que Ele dará glória sem antes dar graça. Ele colocou os dois juntos e o que Deus uniu não o separe o homem!

Se tivermos graça, vamos certamente ter glória, pois os dois são amarrados em um feixe. Estas são estrelas gêmeas que brilham juntas e se você é um participante de Sua graça, então a Sua glória não pode ser negada. A graça florescerá em glória, assim como o botão em flor! A graça será como a fonte e a glória como as águas a brotar!

Se possuímos a graça, não pereceremos, mas se não a tivemos iremos perecer e jamais veremos a glória! Não é possível que aqueles que serão glorificados não tenham antes sido justificados e santificados, e onde a graça não reinar em nossos corações, não reinará no céu!

Agora, irmãos e irmãs, mais uma observação. Se o Senhor dá graça e glória para alguns de Seus amigos, não briguem com Ele por causa disso. Ele disse que faria isso, e quando o faz, por que deveríamos reclamar? Você já viu duas pessoas orando uma contra a outra? Você pode supor tal coisa como um crente orando por uma coisa e Cristo orando por outra? Agora, ouçam. Há um crente orando por um amigo: “Oh, Deus, poupe-o! poupe-o, eu Te suplico, eu Te suplico, eu Te suplico! Poupe-o e deixe-o viver aqui ainda”. Ouça! Cristo ao orar, também diz: “Pai, aqueles que me deste quero que, onde eu estiver, também eles estejam comigo” [João 17:24]. Oh! Crente deseje que seus amigos estejam com Cristo onde Ele está! Cristo diz: “Onde eu estiver”. Agora, quando as orações de Cristo e as nossas orações se cruzam qual deve triunfar? Quando nós puxarmos para um lado e Cristo puxar para o outro, qual será nossa escolha? Certamente vamos dizer: “Oh, Senhor Jesus, eu não competirei conTigo nem por um momento! Não, Tu tens direito sobre o no meu amigo mais do que eu, pois Tu o compraste com o Teu sangue precioso”.

Oh, que todos vocês recebam graça, e que todos recebam também glória! Não espere por glória sem graça, porém Jesus está disposto a dá-las a você. Quem confia nEle receberá a ambas. Que esta seja a parte de de todos nós, por amor de Jesus. Amém!
 

Informação adicional

Autor