Informação adicional

Autor

Um Crente tem Prazer na Lei de Deus, por R. M. M?Cheyne

REF: 6842f86c6b89 Categoria:

Descrição

 

Verdadeiramente um crente tem prazer na Lei de Deus.

“Porque, segundo o homem interior, tenho prazer na lei de Deus; mas vejo nos meus membros outra lei, que batalha contra a lei do meu entendimento, e me prende debaixo da lei do pecado que está nos meus membros. Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte? Dou graças a Deus por Jesus Cristo nosso Senhor. Assim que eu mesmo com o entendimento sirvo à lei de Deus, mas com a carne à lei do pecado” (Romanos 7:22-25).

Mas “Homens não-convertidos odeiam a lei de Deus por causa da sua pureza: “A tua palavra é muito pura; portanto, o teu servo a ama” [Salmos 119:140]. Pela mesma razão, os homens do mundo a odeiam. A lei é o sopro da mente pura e santa de Deus. É infinitamente contrário à toda impureza e pecado. Cada linha da lei é contra o pecado, mas os homens naturais amam o pecado e, portanto, eles odeiam a lei, porque ela se oponha a eles em tudo o que eles amam. Como os morcegos odeiam a luz, e fogem dela, assim os homens não-convertidos odeiam a luz pura da lei de Deus, e fogem dela”.

Agora, o homem convertido e bem-aventurado: “Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite. Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará. Não são assim os ímpios; mas são como a moinha que o vento espalha” (Salmos 1:2-4).

Jesus veio ao mundo para nos livrar do pecado, e o que é o pecado senão uma transgressão da Lei? Assim Jesus veio nos livrar de transgredir a lei, então como pode alguém se dizer salvo quando odeia a Lei e vive em preso na desobediência da mesma? Se o pecado é uma transgressão da lie de Deus e somos libertos disso, então é evidente que o homem salvo está livre das transgressões contra a lei e a obedecerá, e mais do que isso amará a Lei de Deus, pois verá que ela o faz mais parecido com Cristo.

Jesus veio nos livrar da maldição da Lei a da obediência que lhe é devida. Ora, além de todo bem terrestre o crente verdadeiro ama a lei de Deus, e nela medita e se deleita como sendo seu bem precioso. Ora, para estes que foram levados a mar a Lei pela operação maravilhosa do Espírito de Cristo em seus corações, não há maldição, mas somente aquilo que servirá para o seu bem e o ensinará a caminhar com Deus.

Este é o seu caso leitor? Você ama a lei de Deus ou a odeia? Tens prazer na lei do Senhor ou a aborreces de dia e de noite?

Se odeia a lei é porque odeias a seu Autor, saibas que um dia serás julgado por ela e triste será o teu fim se não puderes dizer como um crente verdadeiro diz: “segundo o homem interior, tenho prazer na lei de Deus”.

Oh! que o Espírito Santo faça da lei de Deus o seu prazer!

Informação adicional

Autor